11/10/2018

Há 12 anos nascia a Expo Artur

Evento precisou interromper atividades por falta de apoio do Poder Público Municipal

Da redação

Há 12 anos nascia a Expo Artur, tradicional evento de rodeio e exposições do município Berço da Amizade. A criação da festa aconteceu em 2006, ano no qual ideias criativas de três entidades nogueirenses foram compartilhadas. A Associação Comercial e Empresarial (Acean), a Associação dos Cavaleiros (Acan) e a Associação dos Produtores Rurais (APR) se uniram com dois principais objetivos: movimentar o comércio e trazer alegria aos moradores de Artur Nogueira e região.

A meta foi alcançada ao longo de 11 anos, inclusive ganhando apoio do Poder Público Municipal, porém, no último ano (2017), a parceria foi rompida e a Expo Artur precisou suspender as atividades.

“A ideia da Expo Artur surgiu da junção de duas pessoas, com o apoio de uma terceira”, conta Renato Carlini. Ele, Raimundo Stocco e Roberto Schneider formavam a liderança inicial da Expo Artur. “O então presidente da Associação Comercial Raimundo Stocco e eu [Renato Carlini] como presidente da Associação dos Produtores nos reunimos para fazer uma exposição”. Segundo o organizador, à princípio não se pensava em rodeio. “Era para expor o que a indústria, o comércio e os prestadores de serviços de Artur e região tinham para oferecer aos moradores, enfim, nosso potencial”.

No entanto, em algumas reuniões, representantes da Associação dos Cavaleiros e os demais líderes das associações locais chegamos à conclusão de trazer à tona o rodeio. “De lá para cá, o rodeio se manteve e cresceu. E a exposição, por questão de custo, afugentou, um pouco, o comércio e a indústria”, explica Carlini. O grande problema da exposição era a estrutura. Não havia verba suficiente para sustentar a organização. “Montar tudo tinha um custo relativamente alto para o expositor, por isso, tivemos que parar”.

Os membros da Associação Expo Artur perceberam, então, ao longo do tempo, que a população demonstrava maior interesse nos rodeios e shows promovidos. Assim, naturalmente, o evento foi ganhando forma, reunindo grandes nomes da música sertaneja nacional e promovendo festas que ultrapassavam 40 mil pessoas. No entanto, em 2017, a gestão municipal anunciou alterações. Na época, a administração pública confirmou as mudanças, mas não deu sinais do fim da festividade.

“Quando a nova administração municipal assumiu o comando havia algumas mágoas políticas que acabaram deixando a Expo Artur de lado. E para não deixar sem evento, criaram um novo. Esse evento aconteceu apenas em uma edição, ano passado. E esse ano, pela informações que estou tendo, não irá acontecer”, recorda Carlini. E lamenta o fato, “é uma pena porque para você construir uma imagem, você ter a confiabilidade do público que frequenta esses locais, os empresários envolvidos para trazer os artistas, os patrocinadores, principalmente cervejarias, de quem está na praça de alimentação… Nós construímos isso durante 11 anos e, agora, a gente vê que tudo se interrompeu”.

Este ano (2018), o evento completaria 12 anos de existência. Geralmente, a Expo Artur oferecia uma estrutura, incluindo arquibancada, camarotes, arena, palco e uma praça de alimentação. Além de diversos shows de cantores renomados, exposições, rodeio profissional, balada, entre outras atrações que ocorriam no Balneário Municipal Guilherme Carlini.

Apesar dos últimos acontecimentos, a Expo Artur ainda existe como uma entidade. “A Expo Artur tem sua linha de trabalho que está escrita em seu estatuto, somos uma entidade sem fins lucrativos e acredito que a gente vá voltar em um breve período”. Carlini afirma que sem o apoio crucial do poder municipal, através do Executivo e Legislativo, não há como realizar o evento, já que o mesmo custa caro, tem risco e desgasta a equipe envolvida.

Ele comenta também sobre o Artur Nogueira Rodeo Festival. “Trazer meia dúzia de empresário de fora para fazer uma festa em nosso município sem conhecer nosso povo, eu acredito que foi um passo muito arriscado do poder público”, analisa. E destaca, “nós criamos na cidade uma marca. E junto com ela tinham as marcas Tractor Road, Tractor Fest, o lançamento da ExpoArtur, o esquenta da festa…”.

Como análise, o organizador deixa uma reflexão. “Eu pergunto, será que o comércio de Artur Nogueira está ganhando ou perdendo com tudo isso? Mas enfim, temos que aceitar pois nem todos pensam como a gente”.

Após 12 anos da realização dos tradicionais rodeios de Artur Nogueira, a cidade deve ficar sem o evento que já movimentou mais de 40 mil pessoas por edição. A possibilidade da ausência da festividade tem criado expectativa na população nogueirense, que ainda não sabe se curtirá a festa em 2018. Até o momento, a prefeitura divulgou uma data, porém os shows ainda não foram informados.

Leia mais

Artur Nogueira Rodeo Festival tem data marcada, mas sem shows confirmados

Artur Nogueira Rodeo Festival acontecerá em outubro

Após 12 anos, Artur Nogueira pode ficar sem rodeio

Prefeitura informa que fará alterações na Expo Artur

Câmara aprova criação do Artur Nogueira Rodeo Festival

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.