09/10/2018

Zezé presta queixa por difamação em Artur Nogueira

Decisão foi tomada após confusão durante o período de votações na Escola Magdalena Sanseverino Grosso

Da redação

A vice-prefeita Zezé da Saúde, candidata a deputada estadual pelo PR nas Eleições 2018, registrou um Boletim de Ocorrência (B.O.) por injúria e difamação nesta segunda-feira (8). A denúncia é contra uma advogada, que a acusou por atividade ilegal durante as eleições.

O registro policial foi efetuado na Delegacia de Polícia Civil de Artur Nogueira. Além de candidata a deputada estadual, Zezé da Saúde (PR) foi fiscal durante o dia de eleições na Escola Estadual Magdalena Sanseverino Grosso, neste domingo (7). A vice-prefeita de Artur Nogueira relatou durante o registro da ocorrência que a advogada Dra. Gabriela Montoya, que atuava como delegada eleitoral no município, se dirigiu a ela na companhia de dois policiais municipais alegando que a republicana não poderia estar na atividade de fiscal eleitoral, nem mesmo, utilizar o crachá durante a atividade.

Neste momento, várias pessoas se aproximaram filmando o ocorrido com celulares. Zezé da Saúde (PR) então refutou a acusação, dizendo que estava exercendo a função dentro da lei. O B.O. acrescenta que dra. Gabriela exigiu que os policiais detivessem a candidata na viatura e a levasse à Delegacia do município, caso contrário efetuaria uma representação contra os agentes por descumprirem a ordem dela.

Na sequência, Zezé (PR) se negou a entrar na viatura sem que o advogado pessoal dela estivesse presente. O advogado de campanha da candidata também foi comunicado, e afirmou que Zezé (PR) atuava dentro da lei como fiscal nas eleições e que não havia irregularidade alguma nisso. Segundo ele, a vice-prefeita não portava nenhum tipo de propaganda do partido ou da candidatura.

Ainda conforme o B.O. registrado, a situação gerou constrangimento à candidata Zezé da Saúde, já que cerca de 50 pessoas estavam filmavam a vice-prefeita e zombavam dela. Além disso, de acordo com relato, havia alguns que arremessaram, inclusive, papéis no automóvel dela. As imagens foram divulgadas nas redes sócias, o que resultou em um episódio de difamação contra Zezé (PR).

Dra. Gabriela Montoya

Questionada anteriormente pelo Portal Nogueirense sobre o ocorrido, Dra. Gabriela Montoya se pronunciou afirmando que, “segundo a lei eleitoral, ao cargo de fiscal cabe a responsabilidade pela verificação da ordem do processo eleitoral, no qual há um termo que impede candidatos de assumirem essa função. Como profissional do Direito, apontei a irregularidade da candidata Zezé da Saúde, que não poderia permanecer nessa função no colégio Magdalena. A mim, cabe a responsabilidade de averiguar irregularidades”, pontuou Dra. Gabriela.

O caso deverá ser apurado pela Delegacia de Polícia Civil e seguir para o Fórum do município, sendo então analisado pelo juiz do município. A advogada Dra. Gabriela Montoya, até o momento, não registrou nenhum B.O. na unidade policial.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.