03/05/2014

Vigilante de 29 anos morre com um tiro na cabeça em Artur Nogueira

Corpo de Geraldo Barbosa de Souza foi sepultado ontem no Cemitério Municipal

O vigilante Geraldo Barbosa de Souza, de 29 anos de idade, morreu na manhã do último sábado (3) com um tiro na cabeça. A família relatou a Polícia Militar que Souza disparou o tiro em si próprio, cometendo suicídio, na presença da esposa e do filho na casa em que morava.

Às 9h25, a Polícia Militar recebeu uma ligação informando que um homem havia tentado se matar. Imediatamente, os policiais se dirigiram até uma casa localizada na Rua Sérgio Gallo, no Parque dos Trabalhadores, em Artur Nogueira, onde encontraram Souza gravemente ferido.

Uma ambulância foi acionada e levou o homem até o Pronto-socorro Municipal, mas Souza não resistiu e morreu. Um revólver calibre 22 foi apreendido na cena do ocorrido.

A Perícia de Americana foi acionada até o local. O corpo foi sepultado na tarde de domingo (4) no Cemitério Municipal de Artur Nogueira. Souza era amasiado e deixa dois filhos pequenos.

IMG_2676 IMG_2677


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.