11/09/2019

Vereador questiona Prefeitura de Artur Nogueira sobre greve de trabalhadores terceirizados

Trabalhadores responsáveis pela limpeza de praças, áreas verdes, creches e escolas no município aderiram à paralisação por falta de pagamento salarial

Da redação

O vereador Davi da Rádio (DEM), de Artur Nogueira, protocolou nesta terça-feira (10) um pedido de explicação à Prefeitura de Artur Nogueira sobre a paralisação dos funcionários terceirizados da empresa Eteng. O questionamento ocorreu após parte dos trabalhadores da referida empresa entrarem em greve por falta de pagamento salarial.

Conforme o documento, Davi solicitou explicações da Prefeitura nogueirense sobre o motivo da paralisação dos colaboradores terceirizados. Caso tenha sido por falta de pagamento, o  parlamentar solicitou aos Executivo que os comprovantes sejam emitidos ao Legislativo como comprovação. “Tomei conhecimento de que os trabalhadores da empresa Eteng entraram em greve nesta data, deixando de promover a limpeza em escolas e em prédios públicos, algo muito grave e por essa razão, cenho questionar o Poder Executivo […]”, expressou o vereador.

Os trabalhadores são responsáveis pela limpeza de praças, áreas verdes, creches e escolas do município nogueirense. Conforme divulgado anteriormente pelo Portal Nogueirense, a paralisação ocorreu pela falta de pagamento salarial do mês de agosto/2019, o que teria motivado a greve.

Em reposta sobre a paralisação, a Prefeitura de Artur Nogueira havia comunicado ao Portal Nogueirense que,  “o acerto referente aos vencimentos dos funcionários terceirizados é de total responsabilidade da empresa contratada (Eteng). As pendências relativas entre Prefeitura e empresa já estão sendo negociadas e resolvidas entre as partes”.

Já a empresa Eteng afirmou que, “está realizando todos os esforços para a regularização do pagamento de seus colaboradores dos contratos de serviços na cidade de Artur Nogueira. Infelizmente, a empresa ainda não recebeu os pagamentos dos serviços prestados no mês de maio/19, o que inviabiliza a manutenção dos compromissos financeiros da empresa. Estamos aguardando um posicionamento  por parte da Prefeitura de Artur Nogueira com relação a programação de pagamentos, a fim de regularizarmos a situação”.

Caso o pagamento dos funcionários não seja efetuado nos próximos dias, a paralisação poderá continuar.

…………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.