18/12/2019

Vereador de Artur Nogueira presta queixa contra funcionária pública

Parlamentar acusa servidora municipal de ter o insultado durante atendimento no Posto Itinerante do Cartório Eleitoral, instalado no município

Da redação

O vereador Davi da Rádio (DEM) prestou queixa contra uma servidora municipal nesta quarta-feira (18). A medida ocorreu porque o parlamentar acusa a funcionária pública de ter o insultado durante um atendimento no Posto Itinerante de Atendimento do Cartório Eleitoral, instalado no município.

O caso ocorreu por volta das 12 horas. O parlamentar Davi da Rádio relatou que chegou ao local, situado no Núcleo Administrativo da Prefeitura, para realizar o cadastro biométrico, após ter feito o agendamento. O vereador estava na companhia da mãe e de dois irmãos, que também seriam atendidos.

Conforme o relato do vereador, ao se dirigir à sala de atendimento do Cartório Eleitoral, o parlamentar relata que foi insultado por uma funcionária da Prefeitura, que presta serviço no local e que não terá o nome citado nesta reportagem. De acordo com Davi, ao se identificar, a mulher o teria insultado. “Vim aqui como cidadão, não como vereador. Quando ela me chamou pelo meu nome e eu me identifiquei, ela disse que eu era um daqueles que só fazem m**** na Câmara Municipal. Um daqueles que só se preocupam e dão aumento para a Polícia Municipal e se esquece do restante do funcionalismo público. Ela misturou a questão de um cidadão que está aqui para o cadastro eleitoral, com a questão política. Me distratando”, declarou.

Indignado, o vereador acionou a Polícia Municipal para prestar queixa, e se deslocaria à Delegacia de Polícia Civil posteriormente. O vereador também relatou que presenciou outras pessoas sendo mal atendidas ou tratadas com falta de educação pela servidora. “Eu presenciei ela distratando várias pessoas que estavam aqui também. Ela está sendo partidária, me maltratou porque sou oposição ao Governo Municipal”, ressaltou.

Uma testemunha, que diz ter presenciado o ocorrido relacionado à Davi, reforçou a atitude da servidora. “Eu a vi ofendendo o vereador Davi e essa não é a primeira vez. Desde a hora que eu cheguei eu presenciei ela sendo ignorante com outras pessoas”, afirmou.

Prefeitura

Pelo motivo da acusada ser funcionária da Prefeitura Municipal, o Portal Nogueirense solicitou ao setor um parecer quanto caso. Em nota, a Prefeitura de Artur Nogueira informou que, não irá se manifestar sobre os fatos. Confira a nota, na íntegra:

A Prefeitura do Município de Artur Nogueira não irá se manifestar sobre os fatos ocorridos hoje entre o vereador Davi César Fernandes e os servidores públicos lotados no Cartório Eleitoral. Todos os servidores públicos do Cartório Eleitoral respondem diretamente à Justiça Eleitoral, e qualquer questionamento deve ser feito diretamente ao Juiz de Direito Presidente da 75a. Zona Eleitoral. A Prefeitura ressalta ainda que é de sua competência apenas a cessão do espaço público e equipamentos para o funcionamento do cartório, e que em nada interfere no tocante ao atendimento e agendamentos relacionados ao mesmo.

……………………………………..

Tem uma sugestão de entrevista? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.