12/02/2020

“Venho alertando sobre loteamentos clandestinos desde o começo do meu mandato”, diz vereador nogueirense

Problema culminou em investigação contra o prefeito municipal pelo MP

Da redação

O vereador de Artur Nogueira, Rodrigo De Faveri (PTB), esteve presente em entrevista nos estúdios do Portal Nogueirense nesta quarta-feira (12). Entre os temas abordados durante o programa Portal ao Vivo, ele citou a questão dos loteamentos clandestinos na cidade, incluindo a denúncia e pedido de afastamento que envolve o prefeito Ivan Vicensotti.

Faveri pontuou durante o programa que o problema dos loteamentos clandestinos em Artur Nogueira é algo que se arrasta há tempos, sendo que o número de expansões urbanas irregulares no município tem crescido. De acordo com o parlamentar, esse é um caso que ele tem acompanhando e ajudado a fiscalizar desde o início do trabalho na Câmara de Vereadores.

“Eu venho alertando sobre esse problema dos loteamentos clandestinos desde o começo do meu mandato, e existem matérias anteriores de vocês [Portal Nogueirense] sobre esse problema em Artur Nogueira. Fiz também apelos ao Ministério Público (MP) e ao CRECI/SP, porque eu acredito que esses loteamentos que correm de maneira ilegal, trazem vários problemas para a cidade, entre eles, problemas sociais, de segurança e ambiental”, citou.

Entre os motivos que levaram às denúncias efetuadas ao MP contra o prefeito Ivan Vicensotti, está a aprovação de um loteamento em uma área de preservação ambiental de Artur Nogueira. “O que pegou nesse caso [denúncia contra Vicensotti] é que o loteamento se inclui dentro da área de preservação do Instituto Chico Mendes de preservação ambiental, situado entre Artur Nogueira e Cosmópolis (SP). Mas além desse, existem aproximadamente 15 pontos de loteamentos clandestinos”, destaca.

Nesta segunda-feira (11), um morador nogueirense efetuou um pedido de afastamento do chefe do Executivo municipal à Câmara Municipal. O embasamento do munícipe está relacionado ao suposto loteamento irregular em Artur Nogueira. Rodrigo de Faveri chamou a atenção para o Plano Diretor de Artur Nogueira, que como ele alertou, está vencido há 10 anos.

“Chamando atenção para o Plano Diretor, ele está vencido desde 2017, pois o Estatuto das Cidades diz que ele tem que ser renovado ha cada 10 anos, e não foi, já com o intuito de haverem essas brechas. Essa questão de Plano Diretor e de mobilidade urbana que eu venho cobrando, resultou agora em um pedido de impeachment, vindo de um cidadão nogueirense. Também existe uma denúncia do MP de São Paulo contra o Executivo, pelo fato de ele ter aprovado esses loteamentos em área de preservação ecológica”.

O pedido de afastamento realizado pelo munícipe no início desta semana está sendo analisada pelo presidente do Legislativo e deverá seguir para votação em Plenário na próxima sessão ordinária da Casa, na segunda-feira (17). A denúncia poderá ser acatada, ou arquivada, dependendo do resultado da votação. Vale ressaltar que a denúncia também está em análise pelo MP.

Leia mais:

Pedido de afastamento contra Ivan é protocolado na Câmara

Votação sobre parecer da Comissão Processante arquiva denúncia contra Ivan

Integrantes de comissão votam pelo arquivamento de denúncia contra Ivan

Nova denúncia contra Ivan Vicensotti cita criação de loteamento em área de proteção ambiental

Ministério Público instaura inquérito contra Ivan Vicensotti após denúncia

…………………………

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.