07/06/2019

Vazamento de esgoto afeta sítio e chega à represa de Artur Nogueira

Morador da propriedade rural teve tanque de peixes e poço de água contaminados pelo esgoto

Da redação

Um problema de vazamento de esgoto por parte da rede pública tem gerado transtorno a um morador da região rural de Artur Nogueira. Conforme o munícipe, o vazamento tem ocorrido há anos e, nesta semana, o esgoto afetou um tanque de peixes e o poço de água potável da propriedade onde o morador reside.

O Portal Nogueirense esteve no local nesta sexta-feira (7) e constatou o problema. A solução, segundo o reclamante, seria a troca das tubulações da rede, que passam por dentro do sítio dele. O Serviço de Água e Esgoto de Artur Nogueira (Saean) informou que “o atendimento realizado no local foi imediato e já concluído”.

O agricultor Charlie Bertini, de 44 anos, é morador de um sítio localizado no bairro Cotrins, nas imediações da Rodovia José Santa Rosa, vicinal que liga Artur Nogueira a Limeira (SP). A família dele possui a propriedade há mais de 100 anos. De acordo com Bertini, um vazamento recorrente tem afetado a propriedade.

As instalações de tubulação de esgoto da rede municipal, que costumam escoar resíduos de diversos bairros, como Parque dos Trabalhadores, Coração Criança, Jardim Sacilotto, região central, entre outros, passam dentro do sítio dele até chegar em uma área de tratamento próxima ao Jardim Blumenau.

Poço de água afetado pelo vazamento

Mas, como as manilhas da rede são de pequena espessura, de cerâmica e foram instaladas há mais de 30 anos, quando a população da cidade era consideravelmente menor, elas não suportam a quantidade de esgoto que a rede precisa escoar, ocasionando, assim, os vazamentos. Alguns desses vazamentos têm afetado a propriedade de Bertini, o último deles, ocorreu na terça-feira (4) e permaneceu por três dias, até esta sexta-feira (7).

“Os vazamentos têm acontecido direto aqui. O último tinha ocorrido há cerca de cinco meses e, nessa terça-feira (4), aconteceu de novo. Eu estava em viagem quando me ligaram e avisaram, daí acionamos o Saean”, explica.

Tanque com peixes que foi contaminado pelo vazamento

Devido a pressão gerada na tubulação, o esgoto vazou acima do solo e escorreu pelo pasto do sítio do agricultor, contaminando um tanque com peixes e o poço de água potável que abastece a propriedade. Era notável o mal cheiro no local. “A água deste poço é para nós aqui bebermos, tomarmos banho e também para as criações. Agora, não sei como vamos fazer, porque está tudo contaminado e meus peixes vão morrer”, lamenta Bertini.

O descarte irregular de lixo em alguns bairros da cidade também contribui para o problema, já que entopem as tubulações. O problema gerado pelo vazamento vai além dos limites do sítio do morador, pois como o tanque com peixes transbordou devido ao escoamento do esgoto, essa água contaminada chegou ao Córrego Cotrins, que deságua, por sua vez, diretamente na represa que abastece a cidade. Uma equipe de manutenção do Serviço de Água e Esgoto de Artur Nogueira (Saean) foi acionada e esteve na propriedade para conter o vazamento.

O solo seria escavado e parte da manilha afetada remendada, porém, o munícipe relata que o serviço é paliativo e que não impedirá novos vazamentos de esgoto. “Essas manilhas são finas, a população cresceu e não foi feita a troca das tubulações que são de cerâmica. Como elas não suportam a quantidade de esgoto, acabam cedendo e o esgoto transborda. É necessário trocar as tubulações dessa rede de esgoto o quanto antes, porque isso vai continuar acontecendo”, pontua.

Prefeitura

Solicitada a dar um posicionamento sobre o problema e, como o caso de vazamento de esgoto poderá ter uma solução, o Saean, através do setor de Assessoria de Imprensa a Prefeitura de Artur Nogueira, informou que “o atendimento realizado no local foi imediato e já concluído. Cabe ressaltar  que não houve registro de protocolo da ocorrência em data anterior. Em análise técnica, a equipe de manutenção detectou que a causa do extravasamento da rede de esgoto foi a grande quantidade de lixo descartado indevidamente na rede de esgoto”.

O Saean pediu a colaboração dos munícipes para que realizem o descarte consciente dos detritos inutilizáveis (lixo) na rede de esgoto, que não comporta a fruição de objetos que deveriam ser descartados nas lixeiras e, posteriormente, recolhidos pela equipe de coleta.

Leia mais

Fraldas, preservativos e absorventes são encontrados em nascente de Artur Nogueira

Moradores denunciam poluição em córrego de Artur Nogueira

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.