25/08/2019

Turistas acampam em Artur Nogueira para curtir o Woldstock

Várias barracas foram montadas no Balneário Municipal

Letícia Leme

Uma viagem sempre é bem planejada. Arrumar as malas, comprar passagens, alugar apartamento e claro, colecionar bons momentos. Estes são procedimentos comuns que as pessoas costumam seguir ao tirar aquela tão merecida férias. No entanto, o público presente no Woldstock Rock Brasil 2019, em Artur Nogueira, ‘meteu o pé na estrada’ sem tanta preocupação assim.

O conforto de um apartamento foi trocado por uma barraca, que Maurício Souza e as filhas, Júlia e Giovana Souza, tiveram dificuldade em montar. “Nossa barraca é novinha, primeira vez que a gente monta. Foi bem difícil, os caras devem estar pensando: ‘olha os cabaços’ [risos]. Sobrou peça, está faltando alguma coisa ainda”, brincou Maurício.

A família saiu de São Paulo para prestigiar o bom e velho Rock. Apesar das noites frias, eles garantem que a viagem tem valido a pena, e que a organização do evento tem proporcionado uma boa estadia. “Está bem organizado, os banheiros, os chuveiros quentes [risos] e o espaço é bem legal também”, ressaltam.

Um pouco a frente da barraca deles estavam as três amigas Talita, Michele e Gabriela, que vieram de São Carlos (SP) para vivenciar mais essa experiência, a fim aliviar o estresse que o dia-a-dia proporciona. Acampadas desde a sexta-feira (23), o trio lamenta ter que ir embora mais cedo, visto que terão que trabalhar amanhã.

Dentre as tantas atrações que compôs o evento até o momento, as amigas concordaram entre si que a apresentação do cantor Ventania e Roberto Seixas surpreendeu, em um aspecto positivo, o público presente.

Natália Tomita e Lily Calderon, amigas de longa data e de viagem, também parabenizaram a organização do festival. Ambas residem em São Pedro (SP), mas os traços entregam a nacionalidade delas: Peruana e Boliviana.

Durante os 30 anos que moram no Brasil, as amigas já experimentaram vários estilos musicais, mas garantem que a harmonia que o Rock proporciona supera todos eles. Diferente dos demais, que se instalaram na sexta, elas chegaram no município nogueirense no sábado a tarde “à procura de bandas e músicas boas”.

“O evento está fantástico, a gente tem se divertido, está tudo tranquilo e sem nenhuma preocupação. As pessoas não podem deixar de perceber eventos como esses e de darem valor, porque as vezes tem show sertanejo ou de funk que o ingresso custa R$80/R$100, e um evento como esse R$25 e vale muito a pena”, pondera Lily.

O Woldstock Rock Brasil 2019, evento dedicado à celebração dos 50 anos do Woodstock, se iniciou na sexta-feira (23) e se estende até o domingo (25). O público pôde prestigiar bandas como AC/DC forever, Queen Tribute, Roberto Seixas, Ventania, Jimmy Hendrix Casa Vermelha, Mamonas Assassinas Lua Nova, Legião Urbana Orig Cover, Xandra Joplin, dentre outros.

Woodstock 1969

O festival Woodstock, evento de importância mundial para a cultura artística e musical, ocorreu nos dias 15, 16 e 17 de agosto de 1969. Coincidindo com o período de auge da guerra do Vietnã, o encontro serviu como um grito de paz e liberdade para o movimento hippie, reunindo cerca de 1,5 milhão de pessoas na pequena cidade rural de Bethel, Estados Unidos. Desde então, o festival deixou uma marca permanente nas futuras gerações e amantes da contracultura e do Rock ‘n Roll

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.