29/10/2013

Tio morre após ser esfaqueado por sobrinho em Artur Nogueira

Segundo familiares, sobrinho agiu em legítima defesa

O pintor de paredes João Henrique Gomes, de 25 anos, morreu após receber um golpe de faca no peito. O homicídio ocorreu por volta das 19 horas da última segunda-feira (28), em uma casa localizada na Rua Álvaro de Oliveira, no Jardim Vista Alegre em Artur Nogueira.

Segundo o Boletim de Ocorrência, o autor do crime foi o próprio sobrinho de João, menor de idade, que teria esfaqueado o tio após uma discussão e fugido logo em seguida. A vítima foi socorrida e encaminhada com vida ao Pronto-Socorro Municipal, mas não resistiu e morreu.

João morava com os pais e o sobrinho na casa onde ocorreu o homicídio. Segundo a mãe de João, que é avó do agressor, o neto agiu em legítima defesa. “Eu amo o meu filho. Mas ele batia em todos nós. Meu neto vinha apanhando desde cedo de meu filho. Meu filho era muito agressivo, era usuário de drogas. Era meu filho, eu o amava, mas eu não aguentava mais sofrer. Ele judiava demais de nós. Não podem prender meu neto porque ele não aguentava mais apanhar. Se ele não matasse ele seria morto”, afirma, emocionada, a mãe de João.

O caso foi atendido pela Polícia Militar e registrado na Delegacia de Polícia de Artur Nogueira.


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.