21/05/2019

Suspeitos de planejar assalto em Caxambu acabam detidos em Artur Nogueira

Um dos indivíduos se tratava de um procurado pela Justiça sob a acusação de roubo

Da redação

Três indivíduos, entre eles um procurado pela Justiça, foram detidos pela Polícia Municipal de Artur Nogueira nesta terça-feira (21). Um simulacro de arma de fogo foi localizado com o grupo na ocasião da abordagem dos agentes. Os detidos planejavam efetuar um roubo em Caxambu (MG).

Informações da corporação policial indicam que os agentes da Ronda Ostensiva (Romu II) efetuavam um patrulhamento pelo município, quando receberam a informação de que suspeitos estariam deixando a cidade em um automóvel, modelo GM / Zafira de cor preta, pela Rodovia dos Agricultores, sentido Mogi Mirim (SP). Em posse da denúncia proveniente da base da corporação, os policiais partiram em busca dos referidos ocupantes do veículo.

Após percorreram alguns quilômetros pela referida rodovia, os policiais conseguiram encontrar os denunciados e realizar a abordagem com o apoio de agentes que estavam em outras viaturas. Dois dos ocupantes do carro já eram conhecidos nos meios policiais de Artur Nogueira.

Durante a averiguação, um deles confessou que estaria em posse de um simulacro de pistola e que ambos planejavam efetuar um roubo na cidade de Caxambu (SP) à convite do motorista do veículo.

O condutor do automóvel foi identificado e os policiais constataram que contra ele havia um mandado de prisão pelo delito de roubo (Art. 157 – CPB), expedido pela comarca de Jales (SP). Todos acabaram detidos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil da cidade, onde a ocorrência de captura de procurado / apreensão de objeto foi registrada.

Os indivíduos permaneceram à disposição da Justiça na unidade policial.

……………………………………..

Tem uma sugestão de entrevista? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.