04/12/2012

Situação do bairro Bevenuto causa reclamação de moradores

Entre reclamações estão falta de asfalto, policiamento e coleta de lixo

Quézia Amorim

Os moradores do Jardim Bevenuto, localizado nas proximidades do bairro Parque dos Trabalhadores, em Artur Nogueira, reclamam da ausência de patrulhamento policial, falta de pavimentação e saneamento e da demora em passar o caminhão de lixo no local. “Aqui falta muita água. A situação das ruas é precária. Asfalto aqui é um sonho. Não temos esgoto e tem dias que o caminhão de lixo demora uma semana para passar no bairro. À noite sempre vemos uma molecada usando drogas nas ruas e calçadas das casas. Já invadiram o quintal da minha casa, e eu estava sozinha. Liguei para a polícia e não vieram atender”, afirma a funcionária pública C.S.T., que mora há dois anos no bairro e, por motivos de segurança, preferiu não se identificar.

A dona de casa R.E.S., que mora há 23 anos no local, também reclama de ter passado por situações perigosas e constrangedoras algumas vezes. “Já entraram na minha casa quatro vezes. Estouraram a minha porta com um machado. Toda vez que eu saía acontecia alguma coisa. Coloquei até câmera e eles roubaram. Coloquei o alarme e agora deu uma tranquilizada”, relata.

Outra moradora do bairro Bevenuto, J.J.O.F., que mora há 15 anos no local, diz: “Sempre tem gente usando drogas próximo à minha casa. Eles deixam latinhas com alguma coisa dentro. Sempre foi assim. O caminhão do lixo demora para passar também. A gente percebe que o bairro está bem esquecido”, reclama.

Patrulhamento preventivo

O subtenente da Polícia Militar de Artur Nogueira, Marcelo Ribeiro, diz que o patrulhamento é realizado com frequência em lugares que possuem maior índice de registros. “Nós fazemos o patrulhamento inteligente baseado em números. A viatura faz o patrulhamento, mas não fica estacionada lá. Ela fica onde existe grande quantidade de ocorrências e pessoas. É onde concentramos as nossas viaturas”, esclarece.

O comandante interino da Guarda Civil Municipal (GCM) de Artur Nogueira, Hélio José dos Santos, também afirma que é realizado patrulhamento em todo o município, mas que a concentração das viaturas se baseia onde existe maior índice de ocorrências. “O importante é que as pessoas denunciem quando virem uma pessoa fazendo o uso de drogas, pois, se não denunciar, nada acontecerá. Não adianta pedirmos a concentração de viaturas num local quando não temos informação”, finaliza o comandante.

Coleta de lixo

O departamento de Serviços Urbanos da Prefeitura de Artur Nogueira, responsável pela coleta dos detritos, informou que houve atraso no cronograma dos serviços, mas que o problema será resolvido. Além disso, o responsável pelo setor também disse quais são os dias que o caminhão que recolhe os lixos passa no Jardim Bevenuto. “Tivemos problemas com os caminhões que realizam a coleta do lixo, mas estamos normalizando a situação. É importante dizer aos moradores que o caminhão de recolhimento de lixo passa no Bevenuto na segunda, na quarta e na sexta, sempre a partir das seis horas da manhã”, alerta o diretor de Serviços Urbanos, Arlindo Souza Lima.

Infraestrutura

A respeito da falta de pavimentação e esgoto do bairro, a Prefeitura divulgou em nota oficial, através da assessoria de imprensa, que As dificuldades para atender os bairros irregulares são muitas. Para se ter infraestrutura é preciso regularizar o bairro e obter projetos com entradas na Secretaria do Estado de Habitação em que houve várias tentativas sem sucesso, devido ao início errado da habitação do bairro. O bairro precisa de muitos ajustes e procedimentos para poder regularizar, que vem acontecendo com a Prefeitura tentando uma solução”.

Seu bairro também está com problemas? Então escreva para os repórteres do Portal Nogueirense! Envie um e-mail para jornal@nogueirense.com.br e relate a situação.


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.