12/09/2018

Sem tabu: porque você precisa entender sobre cremação

Apesar de procedimento ser feito desde o início da humanidade, até 1964 não era permitido que os católicos fossem cremados

Noemi Almeida

Em 2018 ainda existem muitos temas que dão o que falar. A cremação, por exemplo, é um tabu, e apesar desse procedimento ser feito pelos gregos desde o início da humanidade, até 1964 não era permitido que os católicos fossem cremados. Hoje você vai entender como este processo funciona e o que as diversas religiões entendem sobre ele.

Primeiramente, para quem não entende o que essa palavra significa, cremação, de acordo com o dicionário Aurélio, é o processo de incinerar cadáveres. Além de se realizar a cremação em casos de falecimento, membros amputados em acidente ou cirurgia também podem ser cremados. Nem todas as agências funerárias realizam esse serviço.

Muitos povos não aprovam este procedimento, como por exemplo os judeus, que acreditam que o corpo não pode ser destruído pois a alma se separa dele durante a decomposição. No espiritismo, é recomendado que se espere até 72 horas ante de cremar um corpo para que dê tempo de a alma desvincular. As tantas opiniões a respeito do tema fizeram com que, no Brasil, o primeiro crematório surgisse apenas na década 70, em São Paulo.

Entenda como ocorre a cremação:

Saber sobre esse tema é importante pois atualmente o procedimento é muito procurado pelas vantagens que representa. Com relação ao meio ambiente, por exemplo, a cremação tem recursos de redução de resíduos que impossibilitam que as cinzas causem algum dano à natureza. As alças do caixão, que em sua constituição possuem metais pesados, são retiradas na cremação ou enterro para não gerarem detrito tóxico.

Para contratar a cremação, existe um documento chamado “Declaração de Vontade”, que, em vida, a pessoa, maior de 18 anos pode preencher e registrar em cartório, manifestando sua vontade a seus familiares e responsáveis. Será fornecido pelo crematório um documento que deverá ser preenchido e autorizado por um parente de primeiro grau, em cartório.

Hoje a cremação não é serviço de alto custo. O Grupo Serra, por exemplo apresenta um serviço diferenciado que custa menos de um real por dia. O procedimento é feito dentro de toda a região de Campinas, dentro das normas ambientais estabelecidas pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), além das diretrizes e normas da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (CETESB).

A Funerária Serra, em Artur Nogueira, fica na Rua Antônio Mateus, 1022, Centro. Mais informações poderão ser obtidas através do telefone (19) 3775-9752. Confira também o site da empresa e sua página no Facebook.
Outras filiais:
Cosmópolis: Rua Ramos de Azevedo, 21, bairro Bela Vista (próximo ao Pronto Socorro). Telefone: (19) 3872-2759;
Campinas: Rua Regente Feijó, 701, Centro. Telefone: (19) 3775-9752;
Valinhos: Avenida José Milani, 93, Centro. Telefone: (19) 3869-3217;
Vinhedo: Avenida Independência, 4630, Jd. Santa Rosa. Telefone: (19) 3876-4847;
Hortolândia: Rua Osvaldo Ribeiro Carrilho, 95, Jd. Mirante. Telefone: (19) 3809- 2020.

Leia mais:

O que fazer em caso de falecimento em Artur Nogueira?

Enterro ou cremação: entenda a diferença entre esses processos

Serra Funerária oferece serviço de cremação em Artur Nogueira e região


ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.