17/04/2020

Seguro de vida garante cobertura para mortes causadas por Covid-19?

O assunto deve ser tratado apenas com um corretor de seguros experiente e de confiança

Informe publicitário

Quando você pensa em fazer um planejamento financeiro, organizar a sua vida para ir atrás dos seus sonhos e objetivos, você se prepara, traça um plano e já sabe o que precisa para chegar onde deseja. Nessa hora, também é importante pensar nos imprevistos que podem surgir no meio do caminho. É para isso que serve o seguro de vida: é a melhor forma de cuidar de você e da sua família. No caso da sua falta, os seus beneficiários e/ou dependentes não ficarão financeiramente desamparados.

O seguro tem como objetivo cobrir riscos previsíveis. Com base nessa previsibilidade que é possível precificar o seguro e cobrar um prêmio (valor pago pelo segurado). Portanto, pandemia e catástrofes naturais são coberturas geralmente excluídas de apólices.

Mas, diante da comoção atual e inédita causada pelo Covid-19, algumas seguradoras passaram a cobrir mortes pelo vírus. Contudo, é uma decisão de cada seguradora e isso pode variar conforme o contrato. Em caso de seguro de vida novo, contratado na realidade de hoje, algumas seguradoras aplicam prazo de carência, outras não.

Por isso, o consumidor deve ficar atento. É o momento de pensar na importância de um seguro de VIDA, mas o assunto deve ser tratado apenas com um corretor de seguros experiente e de confiança.

Com mais de 24 anos de história, a Lapa Seguros pode ajudar você a encontrar o plano mais adequado para seguir a vida com mais tranquilidade e proteger o seu bem mais precioso. Seguro de vida é um ato de amor.

Lapa Seguros, Despachante e Certificação Digital está localizada na Rua Adhemar de Barros, 1.153, Centro. Acesse a página da empresa no Facebook para ficar por dentro das novidades. Contato pelo telefone (19) 3827-9090 ou pelo e-mail: admlapa@lapaseguros.com.br.

 

 


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.