19/03/2019

Romu de Artur Nogueira apreende crack e simulacro de pistola

Suspeito de 19 anos foi preso e adolescente de 16 detido na ação policial

Da redação

A Polícia Municipal de Artur Nogueira prendeu nesta segunda-feira (18) um acusado por atuação junto ao tráfico de drogas no município. Durante o atendimento à ocorrência foram encontras dezenas de porções de crack e um simulacro de arma de fogo, supostamente pertencente a um adolescente, também detido.

Conforme informações provenientes da corporação, os policiais da Ronda Ostensiva (Romu Alpha) efetuavam um patrulhamento pelo Parque dos Trabalhadores. Ao chegarem à Rua Antônio Perez Junior, esquina com a Rua Luís Carlini, os agentes avistaram dois suspeitos, um passando algo ao outro. Uma abordagem foi então efetuada aos indivíduos.

Os averiguados se tratavam de um adolescente de 16 anos e um rapaz maior de idade, de 19. Com o menor os agentes encontraram uma embalagem plástica contendo 13 pedras de crack, embaladas individualmente e prontas para a venda. Um aparelho celular que estava em posse do adolescente também foi apreendido.

Já com o outro suspeito, os policiais apreenderam mais 14 porções de crack, R$ 50 em notas diversas e um celular. Diante da constatação, ambos foram detidos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil da cidade. Chegando à unidade policial, os agentes da Polícia Municipal receberam a informação de que o adolescente teria uma arma de fogo escondida na casa da avó dele.

Em posse de um mandado de busca e apreensão, emitido à Polícia Civil, os policiais se deslocaram à residência da familiar do averiguado. No local, escondido no forro da casa, os agentes encontraram um simulacro de pistola, que estaria sendo utilizado em roubos no município.

Devido aos indícios da ocorrência, o indivíduo já maior de idade recebeu voz de prisão por tráfico de drogas e permaneceu à disposição da Justiça na Delegacia. Ele seria submetido à uma posterior audiência de custódia. Já o adolescente, foi liberado na presença de sua genitora, que assinou um Termo de Responsabilidade do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

O caso será analisado pelo juiz atuante no município.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.