07/02/2018

Rodovias de Artur Nogueira registraram quase 1.500 multas em 2017

Números foram disponibilizados pela Polícia Militar Rodoviária do Estado de São Paulo

Da redação

Em 2017, 1449 multas foram registradas no perímetro de Artur Nogueira nas rodovias Prefeito Aziz Lian (SP-107) e Professor Zeferino Vaz (SP-332). Os números foram fornecidos pela Polícia Rodoviária e ainda revelam que os motoristas que trafegam pelas duas vias costumam desrespeitar regras básicas de segurança no trânsito.

Ao longo de todo o ano passado, a SP-107, que liga Artur Nogueira a Holambra (SP), registrou 1315 infrações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB) – sendo que 352 foram apenas entre outubro e dezembro. A autuação mais frequente foi a de ultrapassar veículos pela contramão em área com faixa amarela dupla contínua. A penalidade para esse tipo de infração, classificada como gravíssima, é a perda de 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa de R$ 1.467,35.

A segunda infração mais recorrente na via foi dirigir sem usar cinto de segurança. Prevista no Artigo 167 do CTB, ela ocorreu 116 vezes entre janeiro e setembro. A penalidade para a infração, classificada como grave, é a perda de 5 pontos na carteira e multa de R$ 195,23.

O terceiro desrespeito mais frequente às leis de trânsito na SP-107 foi dirigir com carro em mau estado de conservação. 93 ocorrências desse tipo tiverem registro pelas autoridades rodoviárias. De acordo com o CTB, a infração é grave, havendo perda de 5 pontos na carteira do condutor e multa de R$ 195,23.

No mesmo período, a SP-332, que liga Artur Nogueira a Cosmópolis (SP) e a Engenheiro Coelho (SP), registrou um número bem menor de multas – apenas 134. A infração mais comum foi esquecer de ligar o farol baixo ao trafegar pela rodovia. Considerada de gravidade média pelo CTB, essa ação resulta em perda de quatro pontos na carteira e multa de R$ 130,16.

Outras infrações muito comuns na rodovia em 2017 foram a condução de veículos em mau estado de conservação, dirigir sem cinto de segurança, dirigir embriagado e conduzir veículo registrado que não esteja devidamente licenciado.

Mortes

O ano de 2017 foi marcado também pelo aumento no número de acidentes fatais em Artur Nogueira. A quantidade de mortes registradas em vias nogueirenses aumentou 80% na comparação com 2016. Foram oito óbitos no ano passado.

..……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.