14/08/2012

Quadras de areia continuam gerando reclamações

Falta de areia e alambrados arrebentados estão entre as queixas

Quézia Amorim

Em novembro do ano passado o Portal Nogueirense publicou uma matéria sobre a indignação dos moradores em relação ao abandono das quadras esportivas de areia. (Clique e releia a reportagem).

A situação ainda causa revolta nos moradores, que dizem ver a ausência de manutenção das quadras.

No Jardim Blumenau, a operadora de máquinas Ana Célia Rodrigues, que mora no bairro há 19 anos, se mostra indignada com o abandono da quadra. “A quadra fica abandonada, com muito mato e sujeira, sem falar da água que fica minada, trazendo bichos e mosquitos”, relata Ana Célia.

Maria Virgínio Valério Sales, moradora do Jardim Carolina e uma das entrevistadas da reportagem do ano passado, explica que ainda aguarda pela manutenção. “Vai fazer 13 anos que moro aqui, dificilmente vejo alguém fazendo a manutenção da quadra. Ainda esperamos pela manutenção. Nós tiramos o lixo e queimamos. Quando chove a água fica empoçada, o que influencia na existência de mosquitos da dengue. Tamparam o canal onde a água saía, mas o problema continua o mesmo”, reclama a moradora do Jardim Carolina.

O vendedor ambulante, Mário Custódio Jorge, comenta sobre os principais problemas da quadra do bairro Sacilotto. “Deveriam cuidar da quadra, pois ela vive abandonada e cheia de lixo. Quando chove também fica com água empoçada”, expõe.

A aposentada Marizete Rebouças mora no Parque Nosso Lar e reclama que a quadra do bairro “tem muita sujeira, o mato está grande, falta areia e a situação da tela da quadra está precária”. Marizete também cobra segurança no local. “Deveria ter policiamento depois das 17 horas, porque nesse horário ninguém consegue trazer as crianças para brincar, pois tem gente fumando droga”, alerta Marizete Rebouças.

O aposentado Augusto Teixeira Costa, mora há cinco na rua ao lado da quadra do ginásio Maurício Sia e diz: “As crianças não podem jogar no escuro, é perigoso, mesmo assim eles brincam. Dentro da quadra, quando chove, devido à falta de areia, a água empoçada fica igual a uma lagoa. Estava dando dengue, nós reclamamos e eles vieram arrumar, mas a água continua ficando empoçada em um dos lados”, avisa Costa.

O motorista Edson de Souza mora há cinco anos no Jardim Bela Vista II e enxerga vários problemas na quadra do bairro. “A limpeza que é feita é semestral. A água não empoça mais por que ligamos e pedimos para arrumarem, na época resolveu, mas hoje o problema continua. Mas você vê a tela rasgada, quando chutam a bola, atinge as casas e o mato dentro e ao redor da quadra”.

Providências

Segundo a Secretaria de Obras de Artur Nogueira, o problema que prejudica na conservação das quadras é o descaso da própria população, que muitas vezes quebra o alambrado e destrói a estrutura física das quadras esportivas.

A Secretaria ainda afirma que em muitos casos a própria “molecada” desliga o disjuntor de energia das quadras, para que o local fique escuro e propício ao consumo de drogas. “Nas próximas semanas iremos realizar a recuperação dessas quadras, mas precisaremos da cooperação da própria população para preservar os locais”, afirma o secretário de Obras, Fernando Arrivabene.

Em relação a quadra do Jardim Blumenau, o secretário de Esportes de Artur Nogueira, Vagner Brito, informou em entrevista ao Portal Nogueirense que a mesma não receberá manutenção, pois “foi feita em um lugar totalmente irregular, onde existe uma nascente d’água”. Vagner Brito ainda disse que seria construído outro espaço esportivo para os moradores do Jardim Blumenau.

Participe!

Se a sua rua ou bairro está com algum problema escreva para nós! O e-mail é jornal@nogueirense.com.br


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.