20/06/2018

Prefeitura de Artur Nogueira divulga nota sobre demolição de obra

Construção estava parada há mais de 10 anos, segundo pronunciamento

Da redação

A Prefeitura de Artur Nogueira divulgou uma nota sobre a demolição da obra do Centro de Referência em Atendimento Educacional Especial (CRAEE). A derrubada das estruturas da construção inacabada foram tema de uma matéria do Portal Nogueirense na manhã desta quarta-feira (20).

Leia na íntegra:

“A prefeitura de Artur Nogueira tomou a decisão de demolir a antiga obra do Centro de Referência em Atendimento Educacional Especial (CRAEE), que há mais de 10 anos estava abandonada no Parque dos Trabalhadores. 

A decisão veio após estudo realizado por engenheiros da Prefeitura, que atestaram ser impossível utilizar aquela estrutura para qualquer tipo de construção e principalmente, para zelar pelo bem-estar e qualidade de vida das pessoas que moram naquele bairro. 

A inviabilidade de terminar o empreendimento devido a esse abandono e a ação do tempo, fez com que a Prefeitura se voltasse para eliminar esse que se tornou um problema para os moradores do bairro. 

Após visita às obras, o prefeito Ivan Vicensotti tomou a decisão de demolir o local, por entender que as ruínas se tornaram um risco a toda a população, já que além de abrigar usuários de drogas, acumulava lixo e consequentemente atraía animais como ratos, cobras, aranhas e escorpiões.

Um projeto urbanístico está sendo preparado para ocupar aquela área para que o espaço ganhe, finalmente, utilidade para a população, proporcionando um novo espaço de lazer e convivência para todos os Nogueirense”.

Leia mais

Prefeitura derruba obra abandonada em Artur Nogueira

Moradores reclamam de obra pública parada há pelo menos três anos em Artur Nogueira

Prefeitura promete tentar concluir obra abandonada em Artur Nogueira

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.