24/11/2017

Polícia resgata porco-espinho no topo de poste em Artur Nogueira

Animal estava assustado e foi visto por um morador

Da redação

Um porco-espinho foi resgatado na manhã desta sexta-feira (24) no topo de um poste de luz em Artur Nogueira. O bicho estava assustado no meio da fiação de energia no Residencial Conquista II e despertou a curiosidade daqueles que passavam pelo local.

Um morador saiu de casa pela manhã e notou a presença do animal. “Achei que fosse um pedaço de espuma que alguém tinha jogado lá em cima, mas ele começou a se mexer”, conta o morador que acionou a polícia.

Assim, posteriormente, uma equipe da Polícia Municipal compareceu ao local e, com a ajuda de uma escada e uma haste, capturou o porco-espinho, o qual foi levado para o Matão da Usina, área preservada entre Artur Nogueira e Cosmópolis (SP), onde foi solto.

Porco-espinho ou espinho de ouriço

O porco-espinho é um roedor coberto por espinhos afiados. Os espinhos são pelos duros com cerca de 7,5 centímetros, que funcionam como uma armadura para proteger o animal. Muitas pessoas acreditam que o porco-espinho seja capaz de atirar seus espinhos para longe, mas isso não é verdade. O porco-espinho vive na Europa, na África, na Ásia e por toda a América. Algumas espécies vivem no solo e outras em árvores. Eles dormem em cavernas, em buracos nas árvores ou no solo, ou em troncos ocos. O porco-espinho é um animal robusto, de pernas curtas, que se movimenta de forma lenta. Sua cor varia de marrom-acinzentado a marrom-escuro ou enegrecido. Os espinhos geralmente são brancos, com pontas pretas ou faixas em amarelo, laranja ou preto. Alguns porcos-espinhos têm mais de 30 mil espinhos.

Quando ameaçados, os porcos-espinhos podem grunhir ou bater as patas traseiras como sinal de perigo. Eles também arrepiam os espinhos e os agitam. Eles se desprendem facilmente e podem atingir a pele do inimigo, ferindo seriamente ou até matando outros animais. O porco-espinho se alimenta basicamente de vegetais. Alguns gostam de comer as camadas sob a casca das árvores, podendo danificar a planta. Outros comem raízes e frutas e podem arruinar plantações.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.