25/02/2018

Polícia Municipal localiza drogas com adolescentes em Artur Nogueira

Localização ocorreu na tarde deste domingo (25), e 45 tubos de cocaína foram apreendidos

Da redação

A equipe da Polícia Municipal de Artur Nogueira localizou drogas com adolescentes no Jardim Planalto. A localização ocorreu na tarde deste domingo (25) durante uma abordagem. Os menores foram levados à Delegacia de Polícia Civil do município, onde a ocorrência foi registrada.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (B.O.), a ação aconteceu na esquina da Rua Ângelo Tebaldi com a Avenida Santo Amaro, por volta das 15h30. Os policiais municipais receberam uma denúncia de que dois adolescentes estariam no local traficando drogas. Ao se deslocarem até o endereço, os agentes avistaram os menores, que demonstraram nervosismo ao perceberem a aproximação da viatura.

 

Eles jogaram algo no chão e tentaram disfarçar, mas foram rapidamente abordados pelos homens da polícia. Segundo o registro, os policiais localizaram dois tubos próximo aos adolescentes. Ambos continham uma substância branca, que o B.O. diz aparentar ser cocaína. Com os menores, também foram encontrados R$ 203 em notas fracionadas.

A denúncia recebida pelos policiais afirmava que havia drogas escondidas numa árvore perto dos suspeitos. Os agentes procuraram nos arredores e, ao pé de uma árvore próxima, localizaram mais 43 tubos com a mesma substância. Diante disso, detiveram os menores e os encaminharam à delegacia.

No local, os acusados negaram que estivessem traficando entorpecentes e que não sabiam a origem das substâncias encontradas. Eles disseram que o tráfico ocorria no local, e que as drogas poderiam ser de qualquer um.

Após o registro do caso, as drogas foram apreendidas, e os adolescentes foram entregues aos seus responsáveis.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.