21/10/2019

Placas históricas de Artur Nogueira são restauradas

Trabalho foi feito pelo historiador Geso Franco de Oliveira e a artista Célia Thomé ; Vereador Rodrigo de Faveri os homenageou com a indicação de uma Moção de Congratulações e Aplausos

Wagner Luan

Quatro placas históricas de Artur Nogueira foram restauradas, graças ao trabalho de dois nogueirenses: o historiador Geso Franco de Oliveira e a artista Célia Thomé. O trabalho não teve custos para os cofres do município e o vereador Rodrigo de Faveri (PTB) os homenageou com a indicação de uma Moção de Congratulações e Aplausos.

O historiador Geso Franco explicou que há cinco anos foi criado o “ Projeto Casa da Memória” com o objetivo de resgatar a história da cidade através de fotos, histórias, filmes e entrevistas com antigos moradores e, em uma dessas buscas, encontraram as placas. “Essas placas eram fixadas em um antigo “obelisco” que se situava na Praça Governador Lucas Nogueira Garcez, onde hoje é a atual Rodoviária. Elas faziam homenagens à Primeira Legislatura e também à Comissão de Deputados que trabalharam para a emancipação do nosso município, em 1948”, esclareceu.

“Este Obelisco foi inaugurado nas festividades do 3º aniversário de Artur Nogueira, isso em 10 de abril de 1952, com a presença do Governador Garcez. Também neste obelisco havia uma placa que homenageava os emancipadores (Grupo dos Onze), essa placa estamos à procura do paradeiro dela”, completou Geso.

O historiador contou ainda que quando as placas foram encontradas, elas estavam sujas e enferrujadas e que após serem restauradas, a artista Célia Thomé as enquadrou sem custo algum.

As placas foram entregues aos cuidados da Câmara Municipal. “Quem sabe um dia teremos um local onde poderemos expor essas e outras relíquias”, comentou Geso.

Diante da atitude dos dois moradores, o vereador Rodrigo de Faveri decidiu apresentar a indicação de uma Moção de Congratulações e Aplausos para os dois pela atitude, exercendo atos de cidadania na busca de elevar a recuperação e demonstração de parte da história da cidade.

O parlamentar disse que a moção é um reconhecimento do Legislativo. “Trata-se de um ato nobre, que merece o reconhecimento deste Legislativo, ao tempo em que, na qualidade de cidadãos de nosso município, sempre preocupados com o resgate e preservação da nossa história”, justificou.

Ele destacou ainda que os dois (Geso e Célia) sempre se preocuparam em fazer o resgate da memória e história, de forma voluntária, arcando com todas as despesas. A moção deverá ser entregue em uma sessão especial da Câmara de Vereadores.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.