07/03/2018

Parentes de vítima assassinada em Artur Nogueira prestam depoimento na Delegacia

Parentes de Ana Paula de Araújo dos Santos reforçam que o ex-companheiro dela seja o principal suspeito

Da redação

Dois dos parentes de Ana Paula de Araújo dos Santos estiveram na Delegacia de Polícia Civil de Artur Nogueira na tarde desta quarta-feira (7). Eles prestaram depoimento sobre o caso do assassinato da moradora.

A família agora espera que o autor do assassinato que ceifou a vida da vítima seja localizado e preso pelo crime cometido.

O tio e a prima de Ana Paula, que preferiram não ter as identidades reveladas, disseram que souberam do ocorrido na manhã desta quarta-feira (7). Eles chegaram em Artur Nogueira vindos de São Paulo, capital, para prestarem depoimento na unidade policial e tratar sobre o funeral dela. Para os parentes, o crime foi passional e premeditado pelo ex-companheiro, principal suspeito na linha de investigação policial. “Ele vivia perseguindo minha sobrinha. Tirava ela dos empregos que ela conseguia e não deixava ela ter outro relacionamento depois que se separaram”, relatou o tio da munícipe, de 37 anos.

Conforme explicou o familiar, Ana Paula residia em Artur Nogueira há cerca 11 anos, tempo em que teria permanecido em relacionamento com o ex-companheiro. Ela tinha se separado dele há cerca de um ano. Desde então, as ameaças e perseguições começaram. “As perseguições aconteciam pelo término do relacionamento e pela pensão dos filhos, que ele não estava pagando na tentativa de ela ter que voltar com ele. Ela até havia procurado um fórum de São Paulo à respeito da pensão, para tentar receber”, declarou.

Ainda de acordo com o tio de Ana Paula, o ex-companheiro não aceitava a visita deles. “Ele se recusava que a família viesse para Artur Nogueira visitá-la. Eu sempre pedia para ela voltar para Pernambuco. Agora, queremos que as autoridades tomem providência, pois isso não pode ficar assim, em uma cidade pequena como essa”, finaliza emocionado o tio.

Após prestarem depoimento na Delegacia, os dois familiares iriam tratar sobre a realização do funeral de Ana Paula. Ela deverá ser sepultada em Santa Adélia (PE), município onde reside os pais da jovem, que não puderam vir para a cidade. Os dois filhos da vítima deverão ser encaminhados para a avó, mãe de Ana Paula.

O suspeito pelo crime, que tirou a vida da munícipe, continua foragido. A Polícia Civil segue com as investigações a fim de localizá-lo e ouvir a versão dele a respeito do fato.

O sepultamento de Ana Paula de Araújo dos Santos estava previsto para ocorrer em Santa Adélia (PE), mas de acordo com a funerária que cuida dos preparativos para o funeral, o enterro deverá acontecer no Cemitério Municipal de Artur Nogueira nesta quinta-feira (8), ainda sem conformação de horário. O velório terá início ainda na madrugada.

Leia mais

Mulher é assassinada a tiros em Artur Nogueira

Delegado de Artur Nogueira suspeita de crime passional em assassinato

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.