28/01/2020

“Artur Nogueira vivenciou uma administração do PT honesta”, diz Marquinhos

Marquinhos da Cultura participou do Portal ao Vivo falando sobre eleições municipais, administração pública e situação do PT no município

Da redação

Marquinhos da Cultura, atual presidente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) em Artur Nogueira, participou de uma entrevista para o programa Portal Nogueirense desta terça-feira (28). Durante o programa ele falou sobre questões importantes como eleições municipais, administração pública e sobre a situação do PT no município.

Marcos Roberto Campos, de 37 anos, é ex-secretário de Cultura e Educação em Artur Nogueira. Natural de Godoy Moreira (PR), ele reside no município nogueirense há 34 anos. Marquinhos iniciou o trabalho na política em 2002, junto ao Partido dos Trabalhadores (PT), sendo hoje assessor do deputado estadual Emídio de Souza (PT) e ex-assessor parlamentar do deputado estadual Marcos Martins (PT).

Durante a entrevista cedida ao Portal Nogueirense, Marquinhos relatou que nas próximas eleições municipais os cidadãos da cidade devem avaliar com critério as propostas que estarão presentes no cenário político e na candidatura dos futuros candidatos no município. “A população não tem que escolher candidatos, tem que escolher propostas. Como estamos vendo o cenário [político], vamos ter várias propostas para que, assim, se possa chegar ao administrador que irá administrar a cidade pelos próximos quatro anos”, afirmou.

A polaridade partidária presente na política nacional, e que também se reflete no âmbito municipal, foi outro tema abordado durante a entrevista. Em vista de uma campanha presidencial anti-petista que dividiu o país, Marquinhos não acredita que esse fator deva ter grandes resultados negativos quanto à uma possível e futura campanha eleitoral do PT em Artur Nogueira. “Pode ter um reflexo sim, mas não com a mesma intensidade. O eleitor de esquerda vota no PT ou nas forças que a esquerda indica, mas tem também a questão do conhecimento. Artur Nogueira é uma cidade pequena, e isso ajuda na divulgação das propostas do candidato. O município já vivenciou uma administração petista, onde se pode compará-la com outras administrações. Essa administração do PT foi marcada pela honestidade, pelos compromissos assumidos, pela valorização do servidor público, valorização da Cultura e do desenvolvimento econômico, que viabilizou a chegada de empresas na cidade. É um legado que podemos mostrar para a sociedade”, destacou.

“O partido não é para ser usado em um período eleitoral, mas para ajudar nas discussões de políticas públicas aplicadas no município e na sociedade em geral. São dois poderes distintos, mas de uma influência muito grande. Não possibilidade de administração sem haver conversa com a Câmara, com o Ministério Público e sem o Tribunal de Contas. Um prefeito não administra sozinho e a Câmara não trabalha sozinha. Quando se fala em melhoria da cidade, todos têm um ponto em comum, mesmo havendo oposição. Quando você dá voz aos diferentes seguimentos da sociedade, se faz uma discussão mais ampla. Citando algo mais recente aqui no município, o Saean, se houvesse um debate a fundo sobre essa situação, chegaríamos a uma melhor solução”, pontuou.

Ao ser questionado sobre como ele enxerga a atual administração da cidade, no governo de Ivan Vicensotti (PSB), Marcos disse que o que existe é uma falta de relacionamento com outros partidos, o que muitas vezes inviabiliza os investimentos de recursos para a cidade. “Eu vejo a administração do preito Ivan como uma administração que tem sido muito prejudicada, tanto pelo Estado como pela União, por não conseguir a transferência de recursos. Para se ter uma ideia, o governo do ex-prefeito Marcelo Capelini foi um dos governos que mais conseguiram a transferência de recursos para o município, mesmo sendo de oposição. E aqui temos o prefeito Ivan, talvez pela dificuldade de relacionamento com partidos políticos, tem sido barradas essas transferências. Ele tem que trabalhar apenas com recursos do município ou com o que é alcançado pelos vereadores, por exemplo. Não acredito que haja uma má gestão, ele trabalha pelas prioridades”, acrescentou.

O presidente do diretório do PT em Artur Nogueira não citou durante a entrevista a atual existência de um pré-candidato à Prefeitura nogueirense nas próximas eleições, pois aguarda a decisão do partido quanto a isso. De qualquer forma, ele declarou que o diálogo deverá ser a marca da legenda.

Eleições 2020

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as eleições municipais no Brasil de 2020 ocorrerão em 2 de outubro, com o segundo turno previsto para 30 de outubro. Os eleitores escolherão prefeitos, vice-prefeitos e vereadores nos 5.568 municípios brasileiros.

…………………………

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.