19/03/2013

Nove cobras são encontradas em chácara de Artur Nogueira

Depois de acionada, Defesa Civil capturou os animais peçonhentos

Paulo Holdorf

Cinco cobras foram encontradas na última sexta-feira (15) e mais quatro na manhã de ontem, segunda-feira (18), em uma chácara no Benvenuto, em Artur Nogueira. O proprietário do local acionou a Defesa Civil que apreendeu nove cobras de duas espécies: Jaracuçu do Brejo e Coral Falsa. Todos os animais são considerados peçonhentos e perigosos e habitavam um terreno onde havia alguns pés de café.

Segundo o coordenador da Defesa Civil, Robson Neves, as cobras capturas serão enviadas para dois lugares. “Cinco delas, capturadas na sexta-feira, já foram levadas e soltas no Matão da Usina. O restante, entramos em contato com o Butantan, e foi demonstrado interesse em recolher esses animais”, diz Robson.

O proprietário do local, Júlio Ricardo Farias Soares, diz que encontrou os animais quando limpava o quintal da residência e rapidamente acionou os agentes da Defesa Civil. “Meu avô era dono desse lugar e nunca deixou ninguém mexer e limpar o quintal. Agora que ele morreu estamos preparando o local para vender ou alugar, com isso, ao iniciar a limpeza do terreno encontrei cinco cobras e acionei a Defesa Civil. No local, os agentes localizaram mais cobras”, revela o proprietário.

O coordenador da Defesa Civil relata o que deve ser feito quando uma cobra ou qualquer outro animal for encontrado. “Primeiramente a pessoa deve chamar a Defesa Civil, pois é a Defesa que tem treinamento e equipamentos apropriados para fazer uma retirada de maneira correta. O aconselhado também é não chegar perto do animal, muito menos matar. Somos preparados para retirar e encaminhar para um local seguro e adequado”. Robson finaliza dizendo que a Defesa Civil está sempre em pronto atendimento independentemente do tipo de animal.

O telefone da Defesa Civil de Artur Nogueira é (19) 3877-2582.

Cobras

Cobras

Cobras

Cobras


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.