05/07/2020

"Não tenho do que me confessar", diz Rodrigo em resposta a padre de Artur Nogueira

Vereador deu declaração após padre dizer que eleitores de Bolsonaro deveriam se confessar

Mariana Avanzzi

Após um vídeo do padre Edson viralizar e repercutir em todo Brasil, com críticas ao presidente Jair Bolsonaro, o vereador Rodrigo de Faveri se posicionou publicamente a respeito.

Bolsonarista declarado, Rodrigo publicou nas redes sociais que defende a separação entre a Igreja e o Estado. Para ele, o princípio iluminista é forte pilar da democracia e qualquer tentativa de interferência de ambas as partes é retrocesso a todas conquistas das liberdades.

“Entendo que o padre tenha a posição dele, muita gente já sabe da opinião dele. Mas acredito que seja ideológica e, como representante da população de Artur Nogueira, tenho direito de me manifestar contra essa postura e posição. Foi uma falta de respeito tremenda ele se posicionar durante uma missa daquela forma”, disse o vereador.

No vídeo, padre Edson chega a chamar Bolsonaro de bandido e afirma que fiéis que votaram nele deveriam se confessar. Rodrigo rebate: “Não estou arrependido e não tenho do que me confessar.”

Entenda:

O padre Edson Tagliaferro, responsável pela paróquia Nossa Senhora das Dores, tornou-se notícia nos principais veículos de comunicação do Brasil neste domingo (5). A repercussão acontece após o pároco ter um vídeo viralizado onde faz duras críticas ao presidente Jair Bolsonaro.

Veja o vídeo:

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.