04/09/2019

Judocas nogueirenses lutam no Parque Olímpico do Rio de Janeiro

Dentre as 88 agremiações de 22 estados brasileiros participantes na 15ª Copa Rio Internacional de Judô, estava também o Projeto Judô Esporte Social, promovido pela Prefeitura de Artur Nogueira

Da redação

Após dois anos da realização dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, o Parque Olímpico da Barra da Tijuca recebeu mais um grande evento esportivo do calendário nacional: a 15ª Copa Rio Internacional de Judô. Realizada pela Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro, com a chancela da Confederação Brasileira de Judô, o evento reuniu 1200 judocas entre os dias 30 de agosto e 1 de setembro. O palco das lutas foi a Arena Carioca 1, a mesma que sediou o titulo Olímpico da Seleção dos EUA de Basquete.

Dentre as 88 agremiações de 22 estados brasileiros participantes estava também o Projeto Judô Esporte Social, promovido pela Prefeitura de Artur Nogueira. Rodrigo Gomes (Sub18 – 60kg), Ely Sousa (Sub18 – 60kg), Andrá Junior (Sub 21 – 73kg), Lucas Vieira (Sub 21 – 66kg) e Rodolpho Lavoura (Máster – 81kg) viajaram mais de 500km para participar da competição. A longa viajem não foi encarada como problema pelos nogueirenses. “Viajar com nossa equipe para participar de um grande evento nacional é fantástico. Poder lutar num ambiente Olímpico é algo que nunca esquecerei. Aprendi que para ser o melhor tenho que estar entre os melhores. É isso que me motiva, é por isso que viemos até aqui” resumiu o judoca André Junior.

O destaque da equipe de Ar tur Nogueira foi Rodolpho Lavoura, que dessa vez trocou a função de técnico para a de atleta e foi em busca de uma medalha. Lutando na categoria Máster até 81kg, Rodolpho venceu três lutas e perdeu uma, ficando com a medalha de prata e o título de Vice Campeão da Copa Rio. “Essa medalha tem um valor muito especial. Ela carrega consigo o teor de toda nossa metodologia, de toda nossa ambição como projeto. Hoje vivi o momento em que meu aluno se tornou meu técnico. Essa inversão de situações ficará eternizada em meu coração”, comenta Rodolpho Lavoura.

O idealizador do Projeto Judô Esporte Social citou o fato de Lucas Vieira ter atuado como seu técnico. “Lucas iniciou no Judô há oito anos, ainda uma criança. Com o tempo passou de meu aluno para meu atleta. Depois de meu atleta para meu companheiro de treino. Há dois anos tornou-se estagiário e hoje foi meu técnico. Essa é a ideia de formação continuada a qual nosso projeto prega e acredita. Hoje nosso projeto conta com vários “Luquinhas”, seguindo e desenvolvendo essa evolução de funções e, acima de tudo, o espírito coletivo de prosperidade e benefícios mútuos”, concluiu Lavoura.

Além de Lucas, André Junior também estreou como técnico. A baixa do dia foi a lesão do jovem Ely Sousa. Após vencer a primeira luta, Ely sofreu uma luxação no cotovelo durante a disputa da segunda rodada. O atleta foi atendido, mas deve desfalcar a equipe nogueirense nos próximos eventos.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.