07/02/2019

Jovem é preso com 72 kg de maconha e localizado em Artur Nogueira

Mãe do indivíduo também foi presa em flagrante e deve responder pelo crime de tráfico de drogas

Da redação

Um jovem e a mãe dele foram presos na noite desta quarta-feira (6) acusados de tráfico de drogas. Segundo a Polícia Militar (PM), foram encontrados 72 quilos de maconha escondidos em uma casa em Santa Bárbara d’Oeste (SP). Após averiguação e questionamentos, a mulher informou que o filho estava em Artur Nogueira trabalhando, local onde o homem foi localizado.

A princípio, a operação iniciou com a denúncia de que um carro clonado havia voltado a circular na região. Ele era usado, de acordo com a PM, para a prática de crimes nas cidades de Americana (SP) e Santa Bárbara d’Oeste (SP). Os policiais localizaram o veículo em frente a uma casa no Parque Zabani no município barbarense. Dentro dele estava uma  mulher, de 60 anos, a qual foi questionada sobre o automóvel e a residência.

A suspeita confessou que dentro do imóvel havia uma grande quantidade de drogas. Dessa forma, os oficiais acharam tijolos de maconha dentro de um armário. Ela afirmou que a substância ilícita pertencia ao filho dela que estava trabalhando no município nogueirense no momento da abordagem. Após diligências, o rapaz, de 26 anos, foi localizado em Artur Nogueira e revelou que vendia cada tijolo de maconha pelo valor de R$ 1,2 mil.

Além das drogas, na casa foram apreendidas embalagens para armazenar os entorpecentes, balança de precisão, celulares e o carro que havia sido roubado e clonado. O verdadeiro dono do veículo mora em Campinas (SP) e se deslocou até Santa Bárbara d’Oeste (SP) para prestar esclarecimentos. Após a realização do Boletim de Ocorrência (B.O.), a mãe e o filho ficaram presos e devem responder por tráfico de drogas.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.