14/12/2018

Jovem confessa ter matado mulheres em Artur Nogueira e acaba preso

Localização do indivíduo ocorreu na noite desta quinta-feira (13), por agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) de Mogi Mirim (SP); Rapaz se encontrava seminu

Da redação

Foi localizado na madrugada desta sexta-feira (14), em uma vicinal de Artur Nogueira, o autor confesso da morte de duas mulheres, encontradas já em óbito em um bairro do município. A prisão foi efetuada por agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) de Mogi Mirim (SP). Ambas as vítimas eram moradoras de Conchal (SP).

Conforme afirmou o comando da corporação da GCM, os agentes haviam recebido – pela base – a informação de que havia um homem seminu, caminhando pela Rodovia dos Agricultores, estrada vicinal que liga o município mogiano a Artur Nogueira. Em posse da informação, os oficiais se deslocaram à procura do referido indivíduo.

Ao trafegarem pela via, os agentes tiveram êxito em localizarem o rapaz na altura do km 6, somente de cueca, andando pela rodovia. Assim, uma abordagem foi feita ao indivíduo, identificado como Matheus Campos Noronha, de 29 anos, residente em Conchal (SP). A princípio, ele alegou aos guardas municipais que teria pego carona em Conchal (SP) com duas mulheres que estavam em um automóvel, modelo Ford/Fiesta prata. A versão do averiguado ainda acrescentava que eles estavam a caminho de Mogi Mirim (SP), quando deram carona para mais um homem, o qual efetuou um assalto ao grupo, o “espancando” e levando, inclusive, as roupas dele.

A corporação informou também que Matheus estava muito alterado, parecendo estar sob o efeito de entorpecentes. Ao se deslocarem com o rapaz à Delegacia de Polícia Civil de Mogi Mirim (SP), com a intenção de apresentá-lo como vítima do suposto assalto, os agentes receberam a informação sobre a localização das duas mulheres em óbito em Artur Nogueira. As fotos das duas vítimas foram mostradas a Matheus, que as identificou como as pessoas que haviam lhe dado carona, negando qualquer envolvimento com o crime.

Posteriormente, com a chegada da mãe de Matheus à unidade policial, o rapaz confessou ter efetuado o crime, levando os agentes ao local onde estariam os corpos, no bairro Filipada, em Artur Nogueira. As vítimas, identificadas como Alessandra Francisca de Paula Barbosa, de 41 anos e, Maria Sivoneide Oliveira Souza de Moraes, de 44 anos, eram residentes em Conchal (SP) e estavam vestidas com uniformes do hospital Santa Casa de Misericórdia de Mogi Mirim (SP), onde trabalhavam. O indiciado, também atuante no ramo de saúde como auxiliar de enfermagem, era conhecido de uma das vítimas.

Elas foram encontradas após uma denúncia feita à Polícia Militar (PM) de Artur Nogueira e apresentavam sinais de violência pelo corpo. A corporação da GCM de Mogi Mirim (SP) relatou que ambas estavam a caminho do trabalho na ocasião do crime e que assumiriam o plantão na unidade de saúde às 18 horas.

Maria Sivoneide Oliveira Souza de Moraes, de 44 anos

Alessandra Francisca de Paula Barbosa, de 41 anos

Com a confirmação do crime, confessado pelo indiciado pela motivação de um surto psicótico, ele foi levado à Delegacia de Polícia Civil de Artur Nogueira, onde ocorreu a apresentação da ocorrência. Em seguida, o autor do crime de feminicídio seria encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Americana (SP) para passar por um exame de corpo de delito na unidade e, posteriormente, levado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Americana (SP).

Os corpos das vítimas também foram levados ao IML de Americana (SP), onde deverão ser feitos exames necroscópicos. O sepultamento de Alessandra Francisca de Paula Barbosa deve ocorrer em Aguaí (SP) e o de Maria Sivoneide Oliveira Souza de Moraes, em Conchal (SP), ambos no sábado (15).

Leia mais

Duas mulheres são encontradas mortas em zona rural de Artur Nogueira

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.