08/10/2018

Hospital Samaritano Paulínia oferece atendimento e cirurgia vascular

Dores nas pernas, queimação, edemas e inchaço são os principais sintomas

Informe publicitário

Totalmente preparado para atendimento ambulatorial e realização de cirurgias vasculares, o Hospital Samaritano Paulínia está fazendo operações de varizes, veias dilatadas que podem causar dor, desconforto e até problemas mais graves como aumentar os riscos de tromboses venosas. As varizes também podem ser uma preocupação somente estética, mas que exigem avaliação médica.

No Centro de Especialidades do Hospital Samaritano Paulínia são realizadas em média 40 consultas por semana com os cirurgiões vasculares e 30% delas, acabam resultando em cirurgia que pode ser a convencional, a lazer e com rádio frequência. E, depois da operação, o paciente continua sendo acompanhado pelo médico da unidade.

Dr. Fernando Daiggi, cirurgião vascular do Hospital Samaritano Paulínia, ressaltou que as pessoas que estiverem com dores nas pernas, queimação, edemas e inchaço ao final do dia devem procurar o especialista. “Dessa forma será possível confirmar ou descartar o problema”, disse.

“Temos uma equipe para atendimento ambulatorial e realização de cirurgia de varizes no Samaritano Paulínia. O procedimento, se necessário, é realizado pelo mesmo profissional que atendeu ao paciente justamente para criar o vínculo médico-paciente”. De acordo com ele, trata-se de uma cirurgia tranquila que dura em torno de duas horas e o paciente tem alta no mesmo dia. Para se recuperar, é necessário pelo menos 20 dias de repouso.

Atualmente, a faixa etária das pessoas que procuram pelo atendimento é entre 40 e 60 anos de idade. “Muitas vezes a dor não aparece, mas a estética acaba incomodando a pessoa. Para isso também podemos realizar as aplicações que são as escleroterapias para a retirada dos vasinhos que devem ser feitas apenas por médicos cirurgiões vasculares”, frisou Dr. Fernando.

Vantagens 

“A realização do atendimento e da cirurgia de varizes no Hospital Samaritano Paulínia evita que o paciente tenha que se deslocar para Campinas, por exemplo. Se ele tiver uma intercorrência ele pode procurar o Pronto-Socorro que vai ter a assistência além da comodidade, segurança e conforto”, destacou.

A vantagem de operar as varizes é diminuir os riscos de tromboses venosas e inflamações. A orientação é sempre que aparecer varizes e vasinhos na perna, procurar o especialista para avaliação. “Mesmo que não seja necessária a realização de uma cirurgia, orientamos o paciente a realizar medidas preventivas como o uso de meias elásticas para não ter complicações futuras”, completou o médico.

Vale lembrar que mesmo uma cirurgia relativamente simples, ela pode ter complicações como qualquer outra. “As complicações mais frequentes são as manchas de pele, infecções, inflamações nas veias, lesões de nervos. Tudo isso é bem explicado para o paciente antes do procedimento”, finalizou.

A causa mais comum de varizes é a influência genética, já que existe forte predisposição familiar. Pode-se herdar veias mais frágeis que com a idade e fatores de risco predispõem ao aparecimento das varizes. Os fatores que aumentam o risco de desenvolver varizes incluem a gravidez, ser do sexo feminino, idade avançada, excesso de peso e obesidade, histórico familiar de varizes e passar muito tempo em pé.

Sobre 

O Hospital Samaritano Paulínia conta com atendimento de urgência e emergência, Centro de Especialidades médicas com atendimento de clínico geral, pediatria, cirurgia geral, vascular ortopedia, otorrinolaringologia, urologia, ginecologia e obstetrícia, psiquiatria e dermatologia. Além de Maternidade e Centro Cirúrgico para atender pacientes e receber médicos de toda a região relacionados à diversas especialidades. Atende aos convênios PHS Samaritano Saúde, GEAP, Amil, Petrobrás, Sepaco, SulAmérica Saúde, Embratel, Life Empresarial, Bradesco Saúde, Porto Seguro e Economus. O endereço é Rua Portugal, 400 – Vila Bressani. Mais informações pelo telefone (19) 3888-7000.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.