02/02/2017

Helicóptero da Polícia Militar participa de operação em Artur Nogueira

Operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) acontece em apoio do Ministério Público

Da redação

A Polícia Militar (PM) realiza nesta manhã de quinta-feira (2) uma operação para o cumprimento de Mandados de Prisão nas cidades de Americana, Cosmópolis, Artur Nogueira e Campinas. Ao todo cinco pessoas foram presas, além de porções de entorpecentes, arma de fogo e outros objetos, como celular. A operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) acontece em apoio com o Ministério Público (MP).

75904443-1486038447

A operação é resultado de interceptações telefônicas feitas no período de quatro meses, o objetivo era investigar organizações criminosas que atuavam dentro e fora dos presídios, e promoviam tribunais do crime.
Participam da Operação 45 policiais militares da Força Tática, Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (Rocam), Grupamento Aéreo (“Águia”) e do Canil. Em Campinas, ocorre a participação do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (BAEP). Durante a operação cinco pessoas foram presas por ordem judicial e foram localizados porções de entorpecentes, uma arma de fogo, além de outros objetos de interesse da justiça, como celulares.

IMG_0061-1486038450

Helicóptero sobrevoa Artur Nogueira nesta manhã de quinta-feira (2)

Entre as apreensões, foi encontrado uma balança de precisão, cocaína, tijolos de crack, celulares e uma quantia de R$ 9.064 dentro de uma residência. Além de um veículo usado para transportar drogas. Os agente identificaram também um caderno que descrevia movimentações financeiras e operações realizadas pela organização.

operacaopolicial (2)-1486049459

operacaopolicial (1)-1486049455

Arma de fogo calibre 38 apreendida em Cosmópolis (SP)

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.