21/05/2014

Guarda Municipal prende homem acusado de agredir e manter a esposa em cárcere privado em Artur Nogueira

De acordo com guardas, mulher conseguiu fugir após três dias e pedir ajuda

A Guarda Municipal de Artur Nogueira prendeu um homem na manhã de ontem, quarta-feira (21), acusado de agredir a própria mulher e mantê-la em cárcere privado desde o último domingo (18). Segundo a Guarda Municipal, a mulher conseguiu escapar e se dirigir até a Promoção Social onde pediu ajuda. A vítima passou por atendimento médico por apresentar hematomas no rosto e no corpo.

O acusado Mauro Sérgio Rosa, de 40 anos, recebeu voz de prisão na manhã de hoje enquanto trabalhava como pedreiro em uma construção no centro.

Ocorrência

Por volta das 9 horas, a Guarda Municipal foi solicitada por funcionários da Promoção Social. Ao chegarem no local, os guardas foram informados pela vítima, também de 41 anos, que no último domingo, o marido havia chegado bêbado e começado a agredi-la com socos. Após a agressão, o marido ainda teria trancado a mulher, que ficou presa com a filha de 2 anos dentro da própria casa.

Depois de três dias presa com a filha, a mulher conseguiu escapar e pedir ajuda. A vítima ainda apresentou um documento que contém uma medida de segurança proibindo o homem de chegar próxima a ela. Segundo os guardas, a medida não foi cumprida. Por apresentar lesões, a mulher passou por atendimento médico e foi conduzida a delegacia.

Ainda segundo os guardas, ao ser indagado o homem alegou que havia perdido a cabeça e agredido a mulher. Diante dos fatos foi dado voz de prisão e o homem foi conduzido até a Delegacia. O delegado ratificou a prisão por lesão corporal, ameaça, sequestro e cárcere privado, desobediência de uma ordem judicial, e violência doméstica.

Ele será encaminhado para a Cadeia de Sumaré.


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.