02/11/2018

Gracie Barra realiza entrega de doações arrecadadas em prol da Aidan

Visita à sede da entidade aconteceu na tarde desta sexta-feira (2)

Da redação

Os alunos e responsáveis pela Gracie Barra Artur Nogueira realizaram a entrega de materiais arrecadados durante um seminário beneficente feito no município. Ao todo 400 fraldas, 60 litros de leite e demais produtos higiênicos foram destinados à Assistência aos Idosos Desamparados de Artur Nogueira (Aidan). A visita aos idosos aconteceu na tarde desta sexta-feira (2).

Segundo Tiago Vigna, responsável pela Gracie Barra nogueirense, a ação envolveu mais de 70 pessoas. Ele conta que o ato beneficente surgiu com a ideia de auxiliar o próximo. “Dentro da filosofia do jiu-jitsu, a gente tem que trabalhar para melhorar a vida das pessoas, sempre buscando uma maneira de ajudar as pessoas. Se cada um fizer um pouquinho, a gente consegue fazer um mundo melhor”, explicou o professor.

O aluno Silnei Damm participou da iniciativa e confessou ter a vida transformada após iniciar a prática esportiva. “Acredito que o jiu-jitsu pode mudar a vida das pessoas, assim como tem mudado a minha, pois é muito mais que uma luta, é um estilo de vida. Queria parabenizar o Tiago por esse gesto nobre e a todos os envolvidos. Estamos ajudando uma instituição que querendo ou não, nós somos eles amanhã”, comentou o atleta.

Ocorrido no sábado, 20 de outubro, o seminário beneficente contou com a presença de sete faixas pretas que demonstraram de duas a três técnicas do jiu-jitsu para os interessados presentes, entre os professores participantes estavam: Tiago Vigna (Artur Nogueira), Anderson Caverna (Cosmópolis/SP), Fábio Lima (Mogi Guaçu), Thiago Vasc (Paulínia), Bruno Kiosia (Geórgia/EUA), Diogo Almeida (Cosmópolis/SP) e Diego Parracho (Artur Nogueira). Ao todo foram arrecadados 400 fraldas, 60 litros de leite e demais produtos higiênicos.

A Aidan possui hoje 30 idosos internos, que são atendidos por 29 funcionários de diversos setores, desde enfermaria e assistência social até cozinha e limpeza. O custo para manter a entidade operando é alto – muito mais alto que os 33 salários mínimos recebidos de subvenção da Prefeitura de Artur Nogueira.

Leia mais

Dificuldade financeira ameaça fechar portas da Aidan

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.