21/10/2021

GCM de Artur Nogueira completa 41 anos nesta quinta-feira

De janeiro a setembro, corporação atendeu mais de 6 mil ocorrências

Da redação

A Guarda Civil Municipal de Artur Nogueira completa 41 anos nesta quinta-feira (21). Fundada em 1980, a corporação permanece priorizando o policiamento comunitário e preventivo, resguardando os serviços, instalações e bens da cidade.

Com 51 agentes de segurança, o atual efetivo da Guarda comemora as novas conquistas de 2021, como criação do canil municipal, definição de 4 setores estratégicos para combater criminalidade, investimento no setor de inteligência para colher dados e estabelecer medidas a partir deles, aumento do combate aos crimes ambientais e maus tratos aos animais, entre outras.

O secretário municipal de Segurança dr Roberto Daher afirma que hoje é um dia de comemoração e reconhecimento ao trabalho de todos os GCMs. “Parabéns a cada homem e mulher que têm contribuído com a proteção dos nogueirenses e do patrimônio do município. O empenho de cada um tem levado ao bom desempenho da corporação. Continuaremos a zelar por nossa cidade”, exclamou.

Confira as estatística de janeiro a setembro de 2021:

Atendimentos telefônicos: 1644
Averiguação: 1683
Abordados: 1710
Procurado: 21
Apreensão de armas: 2
Posse de drogas: 17
Tráfico de drogas: 45
Acidentes de trânsito: 35
Ameaças: 5
Auto localizado: 6
Ocorrências com animais: 68
Apoio a outros órgãos: 897
Ambulância: 39
Postura: 55
Oficial de justiça: 21
Apoio ao Fórum: 67
Outros órgãos da Prefeitura: 178
Vigilância Sanitária: 33
Conselho tutelar: 5
Apreensão de veículos: 3
Apoio a Polícia Militar: 11
Auxílio ao público: 35
Desacato: 3
Captura de animais: 62
Perturbação de sossego: 379

Total de ocorrências atendidas pela Guarda Municipal de janeiro a setembro: 6118

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.