06/08/2014

Gasto por aluno tem queda de 4,9% em Artur Nogueira

Na contramão do Estado, Artur Nogueira está entre as quatro cidades da RMC que diminuíram seus gastos por aluno.

De acordo com uma pesquisa feita pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Artur Nogueira teve uma queda de 4,9% nos gastos anuais destinados para cada aluno que estuda em escola pública. Enquanto a Região Metropolitana de Campinas (RMC) tem queda de 1,3%, o Estado de São Paulo registrou um aumento de quase 20% em investimentos educacionais.

As informações foram divulgadas pelo Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação (Siope), instrumento integrado ao Ministério da Educação que acompanha os gastos realizados na manutenção e no desenvolvimento do ensino. Para realizar a pesquisa foram contabilizados todos os tipos de gastos, sendo calculados custos de pagamento de professores a alimentação, utilizando recursos dos municípios, do Estado e da União.

Das 20 cidades pertencentes a RMC, apenas quatro delas tiveram queda no gasto anual por aluno entre 2012 e 2013. Sumaré encabeça a lista com uma queda de 62,2 %, Engenheiro Coelho vem em seguida com uma redução de 16,9% nos investimentos na educação, Com 4,9% o município de Artur Nogueira fica em terceiro lugar e Itatiba apresenta uma queda de 4,8%.

Em 2012, Artur Nogueira gastou com os alunos R$ 2.806 por ano e em 2013 R$ 2.669, cerca de R$ 136 a menos por aluno. Em comparação, os dados do Estado seguem um caminho contrário apresentando um aumento de 19,6%. Foram quase R$ 590 a mais para cada aluno.

Segundo a Secretaria Municipal de Educação, Artur Nogueira tem 5.288 alunos matriculados na rede municipal de ensino. Em creches são 970 crianças entre quatro meses e três anos e meio de idade. Na pré-escola são 1.238 alunos entre quatro e cinco anos e no ensino fundamental 2.989 alunos. Na rede estadual, entre ensino fundamental, médio e supletivo o total chega a 4.705 alunos.

2


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.