21/11/2018

Fiscalização apreende alimentos de procedência duvidosa em Artur Nogueira

Laticínios estavam armazenados de forma inadequada e vendidos irregularmente no município

Da redação

O setor de Fiscalização de Posturas de Artur Nogueira apreendeu mercadorias alimentícias de procedência duvidosa nesta quarta-feira (21). Os alimentos estavam em poder de vendedores ambulantes descredenciados, que promoviam a venda irregular no município.

Conforme informou o setor de Fiscalização de Posturas, através da assessoria de Imprensa da Prefeitura de Artur Nogueira, oito vendedores ambulantes faziam a venda de queijos por ruas do município. Ao serem notados pelos fiscais, os indivíduos foram abordados e os produtos averiguados.

Ao todo foram apreendidos em poder dos ambulantes 47 queijos embalados em plásticos e armazenados em caixas de papelão, com procedência de qualidade duvidosa. Os ambulantes, vindos da cidade de Itápolis (SP), promoviam a venda dos produtos de forma ilegal no município nogueirense sem possuírem cadastro. Assim, o mal armazenamento dos produtos poderiam causar riscos à saúde dos consumidores que os comprassem.

As mercadorias localizadas foram apreendidos pelos fiscais e descartadas. O caso foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil do município e, ao término da ocorrência, os averiguados foram liberados.

O órgão de Fiscalização de Posturas de Artur Nogueira orienta que consumidores sempre chequem a procedência e os aspectos dos produtos alimentícios, como data de validade e embalagem, antes de comprar ou consumi-los.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.