09/07/2012

Festança Julina continua com shows e brincadeira do pau-de-sebo

Após o tumulto ocorrido na noite de sábado (7) no Calçadão da XV de Novembro, onde guardas e policiais enfrentaram pessoas que arremessavam garrafas e bombas [veja], a Festança Julina de Artur Nogueira aconteceu normalmente na noite de domingo (8), sem nenhum problema policial registrado. O evento começou com apresentação da quadrilha caipira do Grupo […]

Após o tumulto ocorrido na noite de sábado (7) no Calçadão da XV de Novembro, onde guardas e policiais enfrentaram pessoas que arremessavam garrafas e bombas [veja], a Festança Julina de Artur Nogueira aconteceu normalmente na noite de domingo (8), sem nenhum problema policial registrado.

O evento começou com apresentação da quadrilha caipira do Grupo da Terceira Idade Vida Nova. A entidade trouxe 30 idosos, que dançaram e interagiram com o público.

Logo em seguida, a dupla Rosano e Rosiney cantou o estilo bailão no palco da festa. A Companhia de Dança Eliane Carneiro completou a noite, apresentando a quadrilha maluca.

Após dois dias com a premiação acumulada, a brincadeira do pau-de-sebo teve o primeiro ganhador. O ajudante geral Adriano Barbosa da Cunha, de 23 anos, conseguiu subir pelo segundo ano consecutivo o pau de mais de 8 metros de altura montado no recinto do evento. O vencedor faturou R$ 300 e afirmou que o dinheiro será muito útil. “sempre fui bom em subir em árvores e postes. Nunca tive medo de altura. A quantia que ganhei será utilizada nas despesas de casa”, afirma Cunha.

O grupo Locomotiva Quente do Forró animou os nogueirenses no show da noite. “A Festança é um evento voltado para a família. Feita e preparada com muito carinho e dedicação”, afirma o secretário de Educação, Marcos Roberto Campos.

O evento é uma realização da Prefeitura Municipal, através da Divisão Municipal de Cultura em parceria com a Secretaria Municipal de Educação.

 


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.