20/08/2020

“Eu sei que há alguns indícios de crimes e agora eles serão investigados”, comenta Adalberto

Parlamentar desejou sorte aos colegas e disse confiar no trabalho da comissão

Da redação

Na 18ª sessão da Câmara de Vereadores de Artur Nogueira, realizada na noite da última segunda-feira (17), os vereadores aprovaram por oito votos a favor e dois contra, a abertura de uma Comissão Processante para investigar se o prefeito Ivan Vicensotti (PSB) cometeu irregularidades político-administrativas. A denúncia partiu de um morador e teve como base os apontamentos do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) com relação à gestão de Vicensotti em 2017.

Em seu tempo de fala livre, o vereador professor Adalberto comentou sobre a abertura da comissão. “As vezes a gente é movido pelo sentimento de tristeza, porque esse tempo nosso seria utilizado para uma causa mais nobre pra gente discutir projetos, investimentos na cidade, mas a gente tem que parar e investigar uma denúncia e um trabalho que tenho certeza que será árduo e bastante sério pela comissão para investigar”, iniciou o parlamentar.

Ele disse ainda que a denúncia apresentada não se baseia apenas nos apontamentos feitos pelo TCE. “A denúncia apresentada pelo munícipe não se reporta totalmente aos apontamento do Tribunal, até porque como disse o nobre vereador Cristiano [da Fármacia], não esgotou-se todos os recursos, mas por uma indicação que ele fez, por uma obra que foi contratada sem licitação, valores altos”, disse ele.

“Então se há indícios e se não houve apresentação de provas convincentes desde o primeiro apontamento do Tribunal até agora, então se faz necessário a investigação, que se investigue”, completou.

Ele ainda evitou fazer juízo de valor parafraseando o colega Davi da Rádio. “Queremos crer ou esperamos que o prefeito não tenha cometido nenhum crime nesses apontamentos feitos. Vamos esperar os próximos capítulos pra gente se certificar se houve ou não abuso de poder econômico”, apontou.

Em seguida, Adalberto desejou sorte aos membros da comissão. “Eu sei que há alguns indícios de crimes e agora eles serão investigados e desejo muito boa sorte ao vereador Lucas [Sia] que terá essa missão juntamente com o vereador José Sebastião [Zé da Elétrica]  e vereador Rodrigo [de Faveri], que Deus abençoe vocês, mas nós  estaremos aqui também à disposição para ajudar naquilo que for preciso. Lembrando que o tempo é até 90 dias e a gente espera que o trabalho seja bem feito e rápido”, finalizou.

A denúncia contra Ivan Vicensotti foi votada e acatada pela Câmara na última sessão ordinária, promovida na segunda-feira (17).

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.