17/01/2015

ENTREVISTA: Andrea Capatto dá dicas de como aproveitar melhor os exercícios físicos

De uma alegria contagiante, Andrea é aquele tipo de pessoa que adora se movimentar, seja no esporte ou na dança. Aos 43 anos de idade é proprietária da Corpo Informa – tradicional academia de Artur Nogueira.

capa2“A dica é se movimentar” (Andrea Capatto)

……………………………

Alex Bússulo

No verão as academias de ginástica ficam lotadas em todo o Brasil. Um momento que tanto as mulheres quanto os homens ficam mais atentos e buscam perder aqueles quilinhos indesejáveis ou ganhar um pouco mais de massa muscular.

Em Artur Nogueira não é diferente. Os nogueirenses gostam de praticar exercícios físicos. Vão para as academias, caminham na Lagoa dos Pássaros e até mesmo nas academias ao ar livre.

Praticar atividades é um tema sempre atual, mas que precisa de alguns cuidados. Nessas horas ter o acompanhamento de um especialista é fundamental.

Formada em Educação Física pela PUCC com pós-graduação pela UNIFESP, Andrea Capatto é explosiva quando o assunto é atividade física. Nascida em São Paulo, ela veio para Artur Nogueira em 1989, onde construiu uma família e uma carreira admirada por todos.

Na entrevista desta semana, Andrea fala sobre a importância dos exercícios físicos e como melhorar o desempenho nas atividades. Confira:

Você é uma mulher que parece estar ligada direto no 220. De onde vem tanta energia? Adorooooooooo! [risos] Sempre fui assim, desde pequena. Na verdade é automático, eu tenho mesmo é muita dificuldade em disfarçar meus sentimentos. Quando estou triste as pessoas notam rapidamente que tem algo diferente acontecendo e muitas vezes me perguntam: ‘Você não está bem hoje né?’. No geral sou realmente muito positiva. Acredito que essa energia é meu amor, minha paixão. E isso só é possível porque tive uma base familiar muito boa. Começou com meus pais, irmãs, tios, primos e amigos queridos. Depois a continuidade quando formei minha própria família, meu marido e meu filho. E esse amor que se estende através da minha profissão que tanto me orgulho, das pessoas que encontrei no meu caminho, meus colegas, meus parceiros e é claro todos que me deram a honra de cuidar e, através do meu trabalho, fazer a diferença na vida dessas pessoas. Muitas delas se tornaram amigos queridos, o que é motivo de orgulho para mim.

dança

Você sempre praticou exercícios físicos? Como descobriu a paixão pela educação física? Eu sempre gostei muito de esportes e tudo relacionado a movimentar o corpo. Fui uma criança que brincou na rua, adorava correr, andar de carrinho de rolimã… adorava organizar festas, danças, teatros… Aniversário em casa era de lei. Todos tinham que me assistir a dançar a Gretchen. Eu mesma pegava o espremedor de limão da casa da minha mãe e me apresentava: ‘Senhoras e senhores… com vocês…’ [risos] e aí eu voltava e entrava através dos aplausos de toda a família. Fui crescendo e sempre envolvida na programação da escola, era do time de vôlei e sempre participava de todas as atividades que apareciam. Enfim, não me via fazendo outra coisa. Amo o que faço.

Qual a importância da atividade física na vida de uma pessoa? Ser ativo fisicamente é um elemento chave para a longevidade, para uma vida mais feliz e saudável. A prática regular de uma determinada atividade física diminui substancialmente o risco de uma doença cardíaca. Posso citar alguns dos muitos benefícios que uma pessoa pode ter: melhora da autoestima, aumento de energia, aumento da resistência e força muscular, melhora da flexibilidade e postura, auxílio no controle do peso, câncer do cólon, diabetes do tipo II, derrame, reduz depressão e ansiedade e melhora do humor. Enfim costumo dizer que nosso corpo é nossa casa e vamos morar nele até o final de nossos dias. Devemos tratá-lo com carinho e responsabilidade.

Quanto maior o suor maior o emagrecimento? Quando se fala em ‘suar a camisa’ para perder peso, vem do fato que o suor e o emagrecimento são consequências da prática da atividade física. Suor não é sinônimo de perda de gordura. Ao suar perdemos água e sais minerais. Algumas pessoas sobem na balança ao fazer uma atividade física intensa na qual transpirou bastante, a perda de peso não representa a perda de gordura.

2a

Qual o tempo mínimo indicado para se fazer exercícios físicos por dia? A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda 30 minutos de atividade física regular em 5 ou mais dias por semana. Sempre falo que devemos respeitar nossa individualidade biológica. Ou seja, o treino do João é diferente do treino do José. Vale escutar os sinais do seu corpo. Quem está parado e vai iniciar um treinamento, quem nunca fez nenhuma atividade e resolve sair para fazer uma caminhada, talvez com 15 minutos já sinta a necessidade de parar. No dia seguinte, a pessoa caminha 20, depois 25, depois 30, 35, e aos poucos ela chega em uma hora, em uma corrida… O tempo mínimo indicado seria seu começo. Claro, com foco e responsabilidade.

Existe um horário melhor para malhar? Cientificamente, não. Tudo depende da preferência e disponibilidade de cada um. Exercícios devem ser feitos no horário em que o corpo se adapta melhor. Posso dizer que o melhor horário para treinar é quando você estiver mais acordado e com os níveis de energia mais alto. Para aquelas pessoas que se exercitam na rua e em locais descobertos, se deve evitar os horários de sol muito quente, nunca esquecendo de usar roupas leves, o uso do filtro solar e água para se hidratar.

Existe algum segredo para se ter um retorno mais rápido e eficaz nas atividades praticadas? Cada pessoa tem uma expectativa, uma busca… No geral posso falar que uma alimentação correta e balanceada, associada a prática de atividade física regular e contínua, é o que vai te dar êxito nos seus resultados. É preciso ter disciplina. Muitas vezes o que você quer não é aquilo que você precisa. É necessário entender isso e respeitar. Fazer uma parceria com seu nutricionista e com seu professor. Ser honesto primeiramente com você. Vejo algumas pessoas que entram na academia e não querem fazer musculação, usam o conhecido ‘eu não gosto’. Alguns se recusam a participar das aulas, ou programas de alongamento. Confie no seu treinador, ele vai te ajudar e te orientar da melhor forma possível.

O que é mais difícil: perder peso ou ganhar massa? Isso é muito individual. Depende de vários fatores, como por exemplo o nível de condicionamento dessa pessoa, o biotipo dela. Digo que alguém sedentário e com sobrepeso iniciando um programa de atividade física vai ter nos primeiros meses de treinamento uma perda de gordura bastante favorável a sua expectativa de resultado. Já o aluno treinado que busca o ganho de massa pode sim ser mais trabalhoso. Na verdade precisamos estar motivados e focados. Mudar nossos hábitos e lembrar que as mudanças não acontecem da noite para o dia. Temos que acreditar e dar continuidade. É possível sim atingir seus objetivos e conseguir ótimos resultados.

3a

Quais cuidados uma pessoa deve ter antes de iniciar os exercícios físicos? Uma avaliação médica com os exames específicos proporciona uma segurança maior ao praticante. A orientação também é muito importante, procure saber a formação do seu professor. Procure um profissional de educação física, um profissional competente que te auxilie do início ao fim dos seus treinos. A vestimenta deve ser adequada, que permita a troca de calor entre o corpo e o ambiente e que permita também uma boa movimentação. Os calçados devem ser apropriados, ou seja de acordo com a atividade escolhida. Devemos sempre respeitar o limite do nosso corpo, a dor do dia seguinte pode ocorrer, mas se não desaparecer nos próximos dias com a sequência do treino ou mesmo com o descanso isso é um sinal de alerta. Atenção com a hidratação, água antes, durante e depois.

Qual a sua opinião sobre os suplementos alimentares? Como diz o nome, algo que vai além da alimentação básica. Os suplementos alimentares são preparações destinadas a complementar a dieta e fornecer nutrientes como vitaminas, minerais, fibras ou aminoácidos que podem estar faltando ou não podem ser consumido em quantidade suficiente na dieta de uma pessoa. Eu gosto, acho válido… perdemos muitos nutrientes com o estresse, nem sempre consumimos alimentos saudáveis, ou mesmo pelo consumo exagerado de produtos industrializados. Devemos tomar um pouco de cuidado em comprar por conta própria e sair utilizando estes produtos juntos sem nenhuma orientação de um profissional da área. Eles parecem inofensivos, mas dependendo da quantidade ou da composição pode ter consequências desagradáveis. Mais uma vez digo: o que é bom para a Maria pode não ser bom para a Mariana. O melhor seria procurar a indicação de um nutricionista.

Talvez a maior inimiga dos exercícios físicos seja a preguiça. Qual é a sua dica para espantar esse “mal” de vez? Tem estudos que comprovam que é necessário no mínimo seis meses para que uma nova rotina se torne um hábito consolidado. Por isso temos que insistir mesmo que falte vontade. Eu aconselho a ter uma meta. Coloque em algum lugar que sempre veja. O dia que bater a falta de vontade corre lá e pense na importância que isso tem para você. Conforme for atingindo suas metas, ganhe recompensas: um passeio, uma roupa, uma maquiagem. Se bem que nossa melhor recompensa é nosso sentimento de vitória, não é mesmo? Ah, tenha uma peça de roupa coringa, aquela que você quer muito vestir e ficar radiante. Se olhe, se ame e chute a preguiça para bem longe. Você pode mudar esse jogo a seu favor. Na verdade, a vontade da mudança tem que ser maior que a preguiça. Acredite em você!

O que dizer para aquelas pessoas que vivem dizendo que não possuem tempo para praticar uma atividade física? Eu poderia dizer que somos nós que fazemos nosso tempo e que sempre existirá alguma maneira para nos exercitar. De fato algumas pessoas usam a falta de tempo como desculpa para justificar seu sedentarismo, porém sabemos que realmente existem pessoas que se dividem em trabalho, casa, estudo e outras atividades, que realmente não sobra tempo para frequentar uma academia ou mesmo para uma caminhada ou corrida. Para essas pessoas eu diria que o ideal seria a busca desse tempo, pois isso está ligado diretamente a qualidade de vida. Mas, enquanto isso não é possível, se alongue pela manhã, no horário do seu almoço, no trânsito. Se possível o caminho de casa para o trabalho faça à pé ou de bicicleta, encare as escadas. Se é você que cuida das organizações da casa, quando for a hora, coloque uma música, limpa, lave, varra. A dica é se movimentar.

1a

O que devem comer antes e depois das atividades aqueles que querem perder peso? Como profissional da área de educação física sempre oriento meus alunos a procurarem uma nutricionista. Ela é a pessoa capacitada para analisar individualmente e auxiliar na parte nutricional. De modo geral, quando alguém vai iniciar um programa de atividade física e não pode de imediato procurar um nutricionista dou dicas básicas: não treinar em jejum, cortar frituras, diminuir consideravelmente o açúcar, tomar bastante água antes do treino, dependendo do horário buscar alimentos que aumentem sua disposição e energia (carboidratos) e após o treino alimentos que vão repor as energias, reconstruir os músculos (carboidratos e proteínas). Desculpem a todos se decepcionei, mas não sou eu a profissional que pode prescrever sua dieta.

Mulheres grávidas podem praticar atividades físicas? Quais cuidados? Sim! Super pode! Agora, se a grávida não fazia nenhuma atividade física antes de engravidar não será o melhor momento para se tornar uma atleta. Mas pode optar por exercícios mais leves assim como caminhadas diárias, alongamento ou hidroginástica. A atividade deve ser incentivada e é muito importante que haja um contato entre o médico e o treinador, saber o tipo de gravidez que está tendo. Sabendo disso o treinador pode orientar sobre a atividade e fazer as adaptações necessárias. E sim, grávidas podem fazer musculação. Os benefícios da atividade nesse período vai para mamãe e para o bebê, se estendo para o pós-parto, proporcionando uma melhor recuperação. Lembrando a todos que a participação e liberação do médico obstetra é fundamental.

No verão as pessoas ficam mais animadas em praticar exercícios e lotam as academias. Mas acabam desistindo ou ficando desestimuladas a continuarem no resto do ano. Qual a importância de se manter uma rotina, dia-a-dia, nas atividades físicas? A importância é exatamente tudo aquilo que citamos relacionado a atingir seus objetivos e ter mais qualidade de vida. Por esse motivo, se faz necessário a conscientização da importância de mudar seus hábitos alimentares, de criar uma rotina de exercícios. Peço sempre para que meus alunos busquem se apaixonar pela atividade proposta e escolhida. Por isso é importante associar o que se precisa ao que se gosta, aquilo que te dá prazer… Ir fazer uma atividade que também te faz feliz, que te faz sorrir… E sempre digo, se ainda não achou, vem me ver! [risos] Continue frequentando as aulas, continue com seu treino, acredite que isso vai te trazer muito mais benefícios, só vai te fazer bem.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.