07/02/2022

Em 1ª sessão do ano, vereador elogia governo, mas aponta falha em Artur Nogueira

Professor Adalberto (PSD) criticou obra em bebedouro no bairro Planalto

Mariana Avanzzi

A primeira sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Artur Nogueira aconteceu na na noite desta segunda-feira (7) e foi marcada pela fala do vereador Adalberto Di Labio (PSD). O parlamentar afirmou que é fácil tecer elogios à administração Sia, porém o governo apresenta falhas. O exemplo dado por ele foi a demolição e obra do bebedouro do bairro Planalto que, segundo o edil, foi um “fato desprezível”.

O local havia sido fechado para reforma e melhorias após o Serviço de Água e Esgoto (Saean) constatar degradações, vazamentos e ações de vandalismo que poderiam comprometer a qualidade da água distribuída à população nogueirense. Ao anunciar a construção do novo local, a Prefeitura garantiu que a obra traria benefícios à centenas de moradores. Contudo, Adalberto Di Lábio (PSD) discordou.

Durante a sessão, o vereador contou que há munícipes que vão à pé, de carriola e até de bicicleta para pegar água. Com a demolição, Adalberto, do mesmo partido do prefeito, diz que eles foram prejudicados já que tiveram que buscar novas alternativas para pegar água. “Meu total repúdio a essa atitude. Centenas de famílias foram prejudicadas. Isso são milhares de pessoas. Fato desprezível”, opinou.

Apesar de apontar a falha, o parlamentar elogiou diversas conquistas da administração de Lucas Sia (PSD), pontuando algumas delas. “Nós temos um pronto-socorro funcionando hoje, a maternidade funciona, o convênio com a Santa Casa funciona, a Rodovia dos Agricultores já está em obras, a estrada São Bento vai sair, o reparo na represa Cotrins, a inauguração do Poupatempo e a construção de um novo reservatório no Poquinha. São coisas que saíram do papel e não são mais promessas. Tudo foi consolidado”, ponderou o peessedebista.

Professor Adalberto (PSD) defendeu a visão dele e explicou que “existem muitas coisas para dizer que está acontecendo no atual governo, o que infelizmente não podia ser dito no governo passado. Mas ainda existem algumas falhas”.

Saúde em pauta

O tema Saúde também fez parte da Sessão Ordinária. Segundo os parlamentares, o assunto é relevante devido o período pandêmico vivido na cidade que atualmente apresenta um alto número de positivados para Covid-19.

As pautas foram desde a possibilidade da retomada da pulverização das ruas do município até distribuição de medicamentos, maternidade e criação de novo Pronto-socorro.


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.