03/04/2020

Elektro dá dicas para manter crianças fora do risco de acidentes durante isolamento

Primeiro perigo que pode existir são os choques elétricos

Da redação

Em tempos de isolamento social em função da Covid-19, ficar em casa com as crianças tem exigido uma dose extra de criatividade e cuidados dos pais. Com mais tempo livre dentro das residências, os pequenos podem desejar explorar lugares e objetos que normalmente passariam despercebidos, por isso, é necessária atenção redobrada com alguns itens, especialmente aparelhos elétricos, fios e tomadas. Dessa forma, a Elektro reforça algumas medidas de segurança para que esse momento seja vivido com mais tranquilidade. E não há restrição de idade para segui-las.

É natural que os pais fiquem preocupados com o bem-estar das crianças. Enquanto alguns trabalham no modelo ‘home office’ e outros cuidam das suas tarefas diárias, elas precisam ser entretidas, seja por meio de jogos, brincadeiras ou alguma atividade familiar.  Por isso, é preciso ficar atento aos riscos.

O primeiro perigo que pode existir são os choques elétricos. Uma atitude importante é adotar o uso de protetores em todas as tomadas. Isso evita principalmente a introdução de objetos, especialmente os de metais, o que pode gerar um grande risco. Além disso, algumas recomendações devem ser seguidas após o manuseio de água. É essencial estar devidamente calçado e seco quando entrar em contato com qualquer tipo de eletrodoméstico ou aparelho eletrônico.

Em geral, as crianças não devem mexer em aparelhos elétricos e fios. A atenção aqui deve acontecer, sobretudo, quando objetos como celulares e tablets estão carregando – o uso deve ser suspenso até que a carga esteja completa. Os equipamentos eletrônicos só devem ser ligados e desligados da tomada por um adulto, sempre com a atenção para puxar pelo plugue, jamais pelo fio.

Principais dicas da Elektro:

Sempre verifique o estado da fiação do aparelho antes de plugá-lo à tomada. Caso o fio esteja desgastado em algum ponto, existe o risco de choque elétrico;

Não mantenha o uso do T (benjamim) e extensões de forma definitiva, pois isso pode levar a curto circuitos e incêndios;

Sempre esteja devidamente calçado e seco ao entrar em contato com qualquer tipo de item elétrico;

Além dos protetores nas tomadas, é importante checar se todas as tomadas existentes na residência estão de acordo com o novo padrão;

As crianças devem ser mantidas à distância de aparelhos elétricos, fios e tomadas. O manuseio deve ser feito por um adulto.

Sobre a Elektro

Reconhecida por 10 vezes como a melhor distribuidora de energia elétrica do Brasil, a Elektro tem atuação em 228 municípios, sendo 223 no Estado de São Paulo e cinco no Mato Grosso do Sul. Em uma área de concessão de 121 mil quilômetros quadrados, a concessionária atende 2,7 milhões de clientes (6 milhões de habitantes).


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.