28/10/2018

Eleitor é detido ao tentar filmar próprio voto em Artur Nogueira

Lei Eleitoral 4737/65 proíbe a realização de qualquer tipo de foto ou vídeos durante a votação

Da redação

Um homem foi detido na manhã deste domingo (28), em Artur Nogueira, acusado de crime eleitoral. O eleitor tentava filmar a execução do voto na urna eletrônica no momento em foi flagrado por uma presidente de seção.

Conforme informou a Polícia Militar (PM), o empresário, de 40 anos, votava em uma das sessões da Escola Municipal Prof. Amaro Rodrigues (Ninico), no Jardim Leonor. Em determinado momento, a presidente de seção eleitoral notou que o eleitor filmava o voto pelo celular.

O homem, que já havia sido alertado sobre a proibição do uso de celular dentro da seção, foi então comunicado pela representante eleitoral de que o voto dele seria anulado devido ao delito, caracterizado pela Lei Eleitoral 4737/65, que proíbe a realização de qualquer tipo de foto ou vídeos durante a votação, entre elas, fotos da urna ou selfies na cabine de votação durante o voto. O delegado eleitoral responsável pela fiscalização nas zonas eleitorais do município foi acionado e o acusado foi detido pela PM.

O eleitor deverá ser autuado pela infração. O caso será registrado na Delegacia de Polícia Civil do município e passará a ser analisado pela Justiça. O eleitor foi liberado ao término da apresentação da ocorrência pelos policiais.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.