10/03/2020

Cristiano esclarece pagamentos de servidoras da Secretaria de Educação

“É importante que a sociedade entenda que não existe irregularidade, e se o prefeito deixar de pagar a qualquer um dos termos, é descumprimento de lei”, afirmou

Da redação

Além de responder a questionamentos voltados ao trabalho do assessor jurídico do Serviço de Água e Esgoto de Artur Nogueira (Saean), o vereador Cristiano da Farmácia (PR) também se pronunciou sobre valores pagos a servidores comissionados ligados à Secretária de Educação da cidade. O pronunciamento ocorreu na sessão ordinária da Câmara de Vereadores nesta segunda-feira (9).

De acordo com o vereador Cristiano, os pagamentos feitos a servidoras ligadas à Secretaria de Educação se referem a gratificações em lei. “Se pegarmos o holerite da pessoa, podemos ver o salário de 30 dias, as férias, adicionais e gratificação. No mês anterior, se ela recebeu férias adiantadas, no outro mês o salário vem quase zerado. Por isso a diferença de uma folha para outra. São acréscimos de lei que agregam valores no salário de servidores”, explicou.

Na sessão anterior da Câmara Municipal, no dia 2 de março, o vereador Davi da Rádio (DEM) chegou a criticar o valor pago a servidoras da referida pasta, mesmo sem se referir que os pagamentos fossem ilegais. “Tá faltando nas escolas apostilas, projetores, material, máquina de cópias. Em outras administrações, até notebooks os professores tinham. Enquanto funcionária comissionada da Secretaria da Educação, professora aposentada, ganha R$14.805,00 bruto. Outra ganha R$ 9.375. Pra onde está indo o dinheiro da Educação?”, questionou ele na ocasião.

Já na última sessão, o parlamentar Cristiano garantiu que o pagamento às servidoras é legítimo. “É importante que a sociedade entenda que não existe irregularidade, e se o prefeito deixar de pagar a qualquer um dos termos, é descumprimento de lei. Eu também acho muito porque alguns ganham menos, mas é lei e está na lei”, finalizou.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.