14/01/2017

Criminoso tenta assaltar guarda de Artur Nogueira e acaba morto

Ação aconteceu na madrugada deste sábado (14)

Da redação 

Um Guarda Civil Municipal (GCM) de Artur Nogueira, acompanhado pela família, foi alvo de assalto na madrugada deste sábado (14). A tentativa de roubo ocorreu por volta da 1h40 e houve reação da vítima. Um dos autores do crime morreu no local.

23d2694d61c2ba41443c8738423a39a3-1484429149

Um dos dois assaltantes morreu alvejado no local / Foto: Mogi Guaçu Acontece

Segundo informações policiais, o GCM faz parte da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) de Artur Nogueira e estava na cidade de Mogi Guaçu (SP), de folga, quando foi surpreendido por criminosos. Naquele momento, a esposa dele dirigia pela rua Vereador Avelino de Morais, no bairro Jardim Novo I sentido região dos Ypês. Ao reduzir a velocidade do veículo a fim de passar por uma lombada, dois homens fecharam o carro com uma motocicleta modelo Honda Titan, vermelha. O homem que estava na garupa desceu e anunciou o assalto à mão armada.

A mulher se recusou abrir a porta, por isso o criminoso tentou forçar a porta do passageiro, onde o guarda se encontrava. Assim, o GCM não hesitou em reagir. Atirou pela janela e acertou o jovem de 21 anos no peito, o qual tentou voltar para a moto, sem êxito. O homem caiu no chão e, em seguida, foi abandonado por seu comparsa que se evadiu do local portando a arma do crime. Apesar de ter fugido, o outro assaltante também foi baleado na perna. Após o ocorrido, o guarda nogueirense entrou em contato com a Base do Batalhão da Polícia Militar e acionou também a GCM de Mogi Guaçu.

Ao chegarem ao local do crime, os GCM guaçuanos constataram que o homem caído ao solo se encontrava praticamente sem vida. Já o outro, voltou desarmado e aguardou a prestação de socorro do amigo. Estiveram presentes no local também o Samu, o Resgate do Corpo de Bombeiros e a Perícia da Polícia Científica, acionada pelo delegado de plantão.

1280474e7d936a28e413f34226fd8f30-1484429152

Área foi isolada pela Perícia da Polícia Científica / Foto: Mogi Guaçu Acontece

A arma utilizada pela defesa era de calibre 38 e o armamento usado pelo criminoso sobrevivente teve paradeiro ainda desconhecido. O corpo do jovem foi conduzido ao Instituto Médico Legal (IML) e o outro seguiu para a Delegacia de Polícia de Mogi Guaçu, onde foi ouvido assim como o guarda.

5a8165cdf0c5a734a4a6d52e90e66bae-1484429147

Corpo de jovem foi levado ao IML / Foto: Mogi Guaçu Acontece

A Polícia Civil vai abrir um inquérito para apurar todas as informações.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.