01/06/2020

Corporação Musical 24 de Junho trará Banda da Polícia Militar para Artur Nogueira

Grupo comemora 93 anos e será homenageada pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

Da redação

A Corporação Musical 24 de Junho completa 93 anos neste final de semana e estará envolvida em dois grandes eventos. O primeiro é a entrega do Prêmio Inezita Barroso, em São Paulo (SP), na sexta-feira (23), e o segundo é o concerto de aniversário, no domingo (25), que contará com a presença da Banda da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Além disso, a corporação deve receber uma homenagem da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp).

corporação

Cerca de 25 músicos da Corporação irão representar o grupo em São Paulo, na sexta-feira (23). Eles acordarão cedo para viajar até a capital paulista. Lá, os artistas nogueirenses estarão envolvidos na performance musical do Prêmio Inezita Barroso, a ser realizado na Alesp, às 10 horas, com transmissão ao vivo pela TV Cultura e TV Alesp.

De acordo com o maestro Ricardo Michelino, diretor da corporação, esse será um grande momento para os artistas que representarão Artur Nogueira. “É um prêmio muito importante, considerando que a dona Inezita Barros era um ícone para a cultura brasileira, sobretudo para a cultura paulista”, afirma. De acordo com ele, toda a parte logística da viagem será bancada pela Alesp, que ainda fará uma homenagem à corporação por seus 93 anos de atividade.

corporação

No domingo (25), porém, os músicos farão uma grande apresentação no Teatro O Fingidor, na Etec de Artur Nogueira. O evento contará com a participação da Banda da Polícia Militar do Estado de São Paulo, o que é motivo de muito orgulho para Michelino. “Não é comum uma banda militar tocar com uma civil. Então houve todo um trâmite, e a gente fica muito feliz com essa autorização”, destaca.

Para assistir e comemorar junto à corporação, basta trocar 1 kg de alimento por um ingresso até sexta-feira (23) na sede do Projeto Retreta, que fica na Rua 10 de Abril, 260, no Centro da cidade (onde era a antiga delegacia). Os ingressos são limitados.

História

Para falar da Corporação Musical 24 de Junho ou do seu início é necessário falar do fundador desta instituição, Daniel Cesário de Andrade, imigrante português da Ilha da Madeira, que chegou aqui, em Artur Nogueira, em 1910, com 19 anos de idade. Ele veio atrás do irmão mais velho, João da Cruz Andrade, que aqui já havia desembarcado anos antes. Comprou terras, constituiu família com a também portuguesa Isabel de Sá, com quem teve duas filhas: Lucia e Magdalena. Abriu um armazém de secos e molhados e era conhecido por ser uma pessoa dinâmica que logo prosperou. Daniel Cesário foi sempre participativo na comunidade e na igreja, e se tornou presidente da União dos Moços Católicos da Igreja de São Sebastião.

Inauguração-1_12059385f3242d28464002ec3cfea1d293615dc6

Em 1916, lutou, juntamente com Fernando Arens Júnior, entre outros, em prol da criação do distrito de Paz de Artur Nogueira, como também fez parte da comissão para construção da Igreja de São Sebastião. Na inauguração da Igreja de São Sebastião, em julho de 1917, foi requisitada uma banda de músicos de Mogi Mirim (SP). O intuito é que houvesse apresentação do grupo musical em todas as festas, inclusive no evento de criação do distrito. Nos anos 20, havia dois grupos musicais que animavam os bailes e shows que aconteciam no distrito, um formado pelos irmãos Gazotto e outro por Frederico Perez, Pedro Cabrino, Frederico Pulz e outros. Daniel Cesário de Andrade, apreciador de música, logo viu a necessidade da criação de uma banda. Assim, ele reuniu alguns músicos, comprou novos instrumentos e, em 24 de junho de 1924, fundou a famosa banda. Foi presidente da mesma por 11 anos. O grupo fazia os ensaios em espaços emprestados como salas, garagens, mas sempre era requisitada para tocar no Coreto, nas festividades religiosas e cívicas.

Assista abaixo uma breve apresentação de Daniel Cesário de Andrade feita pelo historiador nogueirense Geso Franco de Oliveira:

No decorrer dos anos, muita coisa aconteceu na história da Corporação Musical 24 de Junho. Em 2014, a Orquestra Sinfônica da Corporação participou de uma gravação no Programa do Jô, da Rede Globo de Televisão. A gravação contou com a participação de 72 músicos nogueirenses. Na ocasião, a Corporação gravou duas músicas. A primeira, The Pink Panther Theme Song, tema do filme A Pantera Cor-de-Rosa, que foi ao ar em 2014. Desta vez, o programa exibiu a música Eye of the Tiger, consagrada pela banda Survivor, tema do filme Rocky.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.