14/04/2020

Coronavírus vs. empresas: descubra 4 segredos infalíveis para vencer esta crise

O momento não é de pânico, mas sim de prevenção e planejamento

Informe Publicitário 

Em 25 de fevereiro de 2020 estava confirmado o primeiro caso de coronavírus (Covid-19) no Brasil. Apenas um dia após o anúncio a situação era de pânico no país: farmácias com álcool em gel e máscaras descartáveis esgotadas, queda de 7% na bolsa de valores, aumento considerável no valor do dólar, paralisação de linhas de produção nas indústrias e ameaça ao crescimento do Produto Interno Bruto (PIB).

Começava então a se concretizar uma crise, de saúde, mas com fortíssimos reflexos na economia. As medidas preventivas para evitar a propagação do vírus caíram como uma bomba-relógio para o setor comercial. Como manter o fluxo de capital com as portas fechadas? Será que é possível vencer esta crise? Sim, é possível! O momento não é de pânico, mas sim de prevenção e planejamento. Por isso a Almeida e Munhoz Contabilidade separou 4 dicas fundamentais para você, empresário, enfrentar este momento crítico. Confira:

  1. Prevenção é fundamental

Não se esqueça que toda esta situação está instaurada por conta de uma doença que tem causado sérios danos ao redor do mundo. Por isso, pense na saúde de seus colaboradores e clientes. Avalie se um sistema de trabalho à distância é possível de ser concretizado. Caso seu negócio possa se manter aberto, é extremamente importante redobrar os cuidados com a limpeza e assegurar que colaboradores e clientes tenham acesso a itens para a correta e constante higienização das mãos.

  1. Esse é o momento de se reinventar!

Busque alternativas para não ficar parado(a). Crie estratégias de funcionamento analisando referências de empresas do mesmo segmento em sua cidade, estado e país. Como sua concorrência está se comportando durante este momento? Se reinvente, crie soluções para se manter ativo. Delivery, consultoria online, atendimento virtual? Encontre o melhor caminho para seu ramo de atuação.

  1. Aproveite o apoio federal

O coronavírus está causando um enorme impacto no mundo dos negócios e na economia. O Governo Federal tem criado ações para auxiliar as empresas durante este período crítico.  Por isso, fique atento. Utilize estes novos recursos a seu favor. A Medida Provisória 936 prevê diversas possibilidades para que pequenas e médias empresas possam atenuar as consequências da crise. A Caixa Econômica, Banco do Brasil e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) também estão criando programas para liberação de linhas de crédito especial para empresas de médio e pequeno porte. Conheça todas essas possibilidades e avalie a melhor opção para sua empresa.

  1. Busque assessoria especializada e competente

Quando estamos doentes vamos ao médico. Com dor de dente, ao dentista. Para cortar o cabelo, a um salão de beleza. Logo, essa didática básica também se aplica a este momento: busque apoio no local correto. Você provavelmente terá diversas dúvidas durante todo este período crítico, e aí, a quem recorrer? Desde 1997 a Almeida e Munhoz Contabilidade reúne eficácia, inovação e segurança para seus clientes. Ao longo dos anos, a empresa tem se especializado para atender com excelência qualquer nicho empresarial.

Almeida e Munhoz Contabilidade oferece uma completa gama de serviços, dentre estes: assessoria contábil, assessoria fiscal e assessoria trabalhista. A equipe da Almeida e Munhoz cuida de todas as questões burocráticas para te proporcionar o suporte necessário durante este período crítico. Procure quem entende do assunto e tem experiência para te ajudar a vencer a crise! A Almeida e Munhoz Contabilidade está atendendo a todos os clientes por meio de uma estrutura planejada em sistema home office, garantindo ainda mais segurança para todos os colaboradores e clientes.

Entre em contato hoje mesmo pelo WhatsApp (19) 99208 – 6715 ou e-mail almucontab@hotmail.com.


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.