02/06/2020

Coronavírus faz Artur Nogueira passar aniversário em branco

Nesta sexta-feira, município ‘Berço da Amizade’ completa 71 anos

Da redação 

Com a crise do Covid-19, o prefeito Ivan Vicensotti assinou um decreto determinando várias medidas preventivas ao vírus, que tem assustado o mundo. As medidas seguem a mesma linha do governador de São Paulo, João Dória.

Entre elas, está a suspensão e proibição de eventos e festas com aglomeração de pessoas. Portanto, Artur Nogueira não terá nenhuma comemoração aos seus 71 anos de emancipação político-administrativa nesta sexta-feira, dia 10 de abril. Nem mesmo o hasteamento das bandeiras, previsto como lei municipal.

A 24ª edição do Encontro Nacional de Motociclistas, que normalmente acontece neste mês de abril, foi adiada para os dias 12, 13 e 14 de junho, quando se espera que tudo já tenha se normalizado.

O aniversário de Artur Nogueira será diferente, sem eventos, sem hasteamento de bandeiras, sem campeonato de pesca e outras festividades. Mas não será passado em branco. A cidade é reconhecida como “Berço da Amizade” e já superou muitas crises. Essa não será diferente. O povo nogueirense é persistente, solidário e abençoado por Deus. Juntos (e separados neste momento) vamos passar por essa adversidade.

__________________________________________

Confira 10 fotos que marcaram a história de Artur Nogueira

Idealizador da Casa da Memória, Geso Franco de Oliveira, relembra história do município ‘Berço da Amizade’ através de imagens. Confira:

Foto 1

01- Esta foto foi tirada pelo fotógrafo oficial do Exército na revolução de 1932. Na foto está a família de Luiz Gazotto, em seu sítio em Artur Nogueira, onde os soldados ficaram hospedados. Em troca ao favor, os soldados pediram para que reunissem todos da família que no sábado o fotógrafo do Exército viria para fazer o retrato de todos. Na foto falta a filha mais velha, Amélia, que estava casada e morava longe. Da esquerda para direita: Olímpia, Maria, Clementina, Jose, Ema Pinatto (Mãe), Terezinha, Luiz Gazotto (Pai), Ana, Lucia, Guilherma, Alcindo, Albino, Domingos. Esta é uma das famílias mais tradicionais e numerosas de Artur Nogueira.

…………………………..

Foto 2

02- Matteis e Dona Alcídia, professores importantíssimo na formação de muitos nogueirenses

…………………………..

Foto 3

03- Essa foto foi tirada em um dia de jogo entre o Paulinense x Floreta em seu antigo campo na Rua 24 de outubro, no início dos anos 70. Sei que estão na foto Ademir Guidolin, Clebio Guidotti, Eraldo de Souza, Nei Bueno, Osni de Souza, Nardo Caetano, Zuza Perin, Kalu e Edi Germano. Esta foto é considerada por muitos, como o nascimento da Escola de Samba Rubro Negra.

…………………………..

04

04- Esta foto foi tirada na área da casa do senhor Elísio Quinteiro, tratava de uma reunião para fundação do Clube Floresta. Hoje, este local é a Casa de Moveis Popular.

…………………………..

Foto 4 a

05- Essa foi tirada no pátio do Grupo Escolar Francisco Cardona, onde hoje é o Teatro Municipal. Era a formatura do 4º ano do grupo, alunos, todos cidadãos nogueirenses, professores Edmo Wilson Cardoso e Adair Cunha Vicensotti.

…………………………..

Foto 6

06- Formandos do Colégio Nossa Senhora das Dores. Dessa turma saiu três prefeitos de Artur Nogueira. Na foto estão Cláudio Alves de Menezes, Atílio Arrivabene Junior e Rubens da Silva Barros, entre os demais.

…………………………..

Foto 7

07- Chamo essa foto de “um caminhão de trabalhadores”. Essa foto é da turma do Lazinho Turmeiro, que morava no bairro São Vicente. Eram colhedores de algodão, umas das principais riquezas de Artur Nogueira no passado, que trouxe a Teka e a Algodoeira Caio para o município.

…………………………..

8

08- Essa foto tem pessoas consideradas por muitos como lendas vivas. Na época e até hoje. João Alves, Luiz Guidotti, Anésio Bertini, Nelson Lopes, Mané Carneiro e Zé abobrinha, talvez os melhores contadores de histórias de Artur Nogueira. Foi tirada na Praça do Coreto.

…………………………..

9

09- Foto da inauguração do Hospital do Dr. Décio, na Avenida Dr. Fernando Arens. No governo do prefeito Atílio Arrivabene Júnior. Dr. Décio foi o primeiro médico para atender a população nogueirense que antes tinha que viajar para outras cidades para as consultas.

…………………………..

Banda 10

10- Membros da Banda 24 de Junho, juntamente com José Amaro e José Bervinte, músicos maioria da família Tagliari, sempre presente na Banda.

…………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.