07/08/2016

Conheça a trajetória dos dois nogueirenses que se tornaram atletas olímpicos

Luiz Alberto e Kleberson Davide relembram trajetória vitoriosa que começou em Artur Nogueira.

Rui do Amaral

Artur Nogueira fica a 535 km do Rio de Janeiro. Fora a distância, as duas cidades apresentam diferenças gritantes. Enquanto o município ‘Berço da Amizade’ possui cerca de 50 mil habitantes, a Cidade Maravilhosa registra não menos que 6,5 milhões de moradores. Mas, mesmo em meio a tanta disparidade, dois nogueirenses bastante conhecidos prometem fazer a diferença em terras cariocas. Na verdade, pode-se dizer que Kleberson Davide e Luiz Alberto têm a chance de se destacar mundialmente. A razão? Os dois participarão do maior evento esportivo do planeta. Os Jogos Olímpicos Rio 2016.

kleber e luiz-1470434917

Luiz Alberto e Kleberson Davide: de Artur Nogueira para o mundo.

Quem não conhece a trajetória dos dois nogueirenses pode até se espantar ao ficar sabendo de tal feito (afinal, participar das Olimpíadas realmente não é para qualquer um). Porém, quem acompanha o Portal Nogueirense a mais tempo não se espanta, pois sabe que os dois atletas não se cansam de trazer orgulho ao município. Tanto em competições nacionais, como o Troféu Brasil, torneio em que Luiz Araújo conquistou uma medalha de ouro, quanto em eventos mundiais, como os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México, onde Kleberson Davide conquistou uma medalha de prata.

Já deu para perceber que os dois atletas não costumam fazer feio. Apenas o fato dos nogueirenses participarem da competição esportiva mais importante do planeta já é digno de atenção e admiração. Mas, como? Como duas pessoas nascidas no interior do Estado de São Paulo conseguiram tal proeza? Pensando em contar essa história, o Portal Nogueirense abre um valioso baú de matérias e reportagens realizadas sobre os atletas para contar a história de como estes dois homens criados em Artur Nogueira fizeram para vencer os obstáculos e chegar no Olimpo dos esportes.

Kleberson Davide

Nasceu em Conchal, mas viveu em Artur Nogueira desde os primeiros anos de vida até os 24 anos. Depois disso, mudou-se para Valinhos, onde vive com a esposa – que também é atleta. Hoje com 31 anos, Kleberson Davide Krasucki pode olhar com orgulho para a carreira. Quando ainda era adolescente, colhia laranja na roça com os pais e irmãos, até que descobriu que a Prefeitura, na época, estava oferecendo treinamento para quem desejasse praticar Futebol. O interesse ficou só na brincadeira, já que o então colhedor de laranja não achava que tinha muito talento para a coisa por não fazer muitos gols. Porém, em um aspecto do esporte Kleberson já se destacava: corrida.

kleberson-davide_147ad62b22b964b9f64af633be1e638ebab99281-1469815383-1470407890

Lebrinha, que treinava o jovem de Artur Nogueira, notou o talento de Kleberson para a corrida e o levou para realizar um teste de atletismo no clube Funilense. Nenhuma surpresa, já que o tenro corredor passou sem nenhuma dificuldade. Nas segundas, terças e quartas-feiras, Kleberson treinava futebol. Nos outros dias, era a vez do atletismo. “Meu negócio era mesmo correr, nisso eu sempre me destacava se comparado com meus outros colegas”, ressalta.

No início da vida esportiva, o atleta recebia 50 reais mensais treinando. O dinheiro era todo repassado aos pais, a fim de ajudar nas despesas da família. Mesmo sendo uma quantia não muito expressiva, o apoio da mãe, Neusa, o fazia jamais pensar em desistir. Mesmo com as dificuldades, que não eram poucas, a família era o seu suporte máximo.

Kleberson reforça que tudo que possui hoje em dia veio do esporte. “Tudo foi conquistado com muito suor. Sou muito grato por ter me dedicado e por ter sido apoiado todos esses anos”. No início, não sobrava dinheiro nem para comprar uma roupa. Hoje, o nogueirense mora em uma bela casa junto da esposa, em Valinhos-SP.

Mesmo com o talento nato, o atleta não pensava que chegaria tão longe como chegou. Até hoje o nervosismo bate antes das corridas, mas ele aprendeu a lidar. “O nervosismo bate, é uma coisa que temos que aprender a lidar. Só depois da chegada que consigo pensar em outra coisa que não seja a corrida”, conta.

Kleberson possui uma vitoriosa trajetória nos 800 metros rasos, sua especialidade. Já representou o Brasil no Mundial de Atletismo da Rússia, é multi campeão do Troféu Brasil, conquistou medalhas de prata nos Jogos Sul-americanos do Chile e nos Pan-americanos do Rio, em 2007, e em Guadalajara, em 2011. Mas, claro, nenhuma competição pode ser comparada a supremacia dos esportes, ao verdadeiro Olimpo no que diz respeito a provas de atletismo e das mais diversas modalidades. E é da lendária montanha grega que vem o nome da tão sonhada competição que qualquer atleta sonha em participar: as Olimpíadas.

O atleta de Artur Nogueira teve sua primeira oportunidade de participar dos jogos olímpicos em 2012, nos jogos disputados em Londres. O brasileiro atingiu o índice olímpico e foi até a Inglaterra, onde disputaria os 800 metros rasos no Estádio Olímpico de Londres. Tudo estava preparado para a disputa, porém um baque aconteceu. Dois dias antes dos jogos, uma inflamação na garganta fez com que o atleta não pudesse mais competir. O nogueirense poderia ter desistido, mas uma nova oportunidade apareceria, e em terras muito mais verdes e amarelas do que a gélida Grã-Bretanha. Desta vez, Kleberson Davide disputará sua especialidade no atletismo no Rio de Janeiro, nas Olimpíadas de 2016, que começaram esta semana.

Kleberson vê com orgulho para a carreira. Afinal, não é qualquer um que pode olhar para trás e constatar que cada conquista, cada batalha vencida veio com suor, esforço e dedicação. Além de ser um exemplo de atleta, Kleberson Davide é um exemplo para toda Artur Nogueira.

Acompanhe Kleberson nas Olimpíadas:

800m rasosData
Eliminatórias12/08 - 10h10
Semifinais13/08 - 21h25
Final15/08 - 22h15

Luiz Alberto

Luiz Alberto Cardoso de Araújo, de 29 anos, é outro nogueirense que não se cansa de dar orgulho ao município ‘Berço da Amizade’. Nascido e criado em Artur Nogueira, estudou na escola Laranjeiras e no Magdalena, sendo muito conhecido na cidade. Ainda na adolescência, trabalhou no antigo supermercado São Joaquim, que fica em frente à redação do Portal Nogueirense, que tantas vezes registrou os feitos do atleta. Atualmente ele mora em São Paulo, com a esposa e o filho, devido a rotina de treinos e competições. “Vou para Artur Nogueira sempre que posso, principalmente para visitar minha família, que é tudo para mim, e meus amigos. Gosto muito daqui, sempre será minha casa”, conta.

luizatleta-1467545133 (1)-1470407938

O nogueirense, desde muito jovem, treinava atletismo no campo do Rapadão. Porém, aos 13 anos, teve de largar o esporte para trabalhar. “Foi um período difícil, deixar o esporte que já era importante para mim foi muito duro, mas era o que tinha de ser feito”. Luiz ficou dois anos e meio sem praticar nenhuma modalidade, até que um dia tomou uma importante decisão. Ao ir para Campinas visitar alguns amigos, ficou entusiasmado com uma pista de atletismo que viu. Na mesma semana, pediu as contas do supermercado e passou a dedicar-se exclusivamente aos treinos. A partir daí, Luiz nunca mais largaria o atletismo.

No início dessa nova fase, o medo era grande. Nem mesmo os familiares estavam muito a par do que era o atletismo, mas mesmo assim o apoiavam. Não demorou muito para o pai perceber a importância da atividade para o filho e o apoio passou a ser integral. O treinador de Luiz Araújo, na época, pedia para ele treinar todas as modalidades do atletismo e o nogueirense se saía bem em todas elas. “Demorou um pouco para eu escolher as modalidades em que realmente focaria, mas o momento chegaria”.

As provas escolhidas seriam as denominadas ‘provas combinadas’, como as que pratica no chamado Decatlo, modalidade na qual Luiz Alberto é especialista. O esporte, que pode não ser muito conhecido, exige muito dos praticantes. Como o nome sugere, são disputadas não menos que dez modalidades. Isso mesmo, dez. A prova mais difícil, segundo o atleta, é o salto em altura, que exige muita técnica.

Em 2005, Luiz Araújo mudou-se para Campinas a fim de realizar seu sonho de se tornar profissional do esporte, apenas como apoio da família. E os resultados vieram. Luiz já foi campeão do Troféu Brasil de Atletismo, de campeonatos mundiais na Itália, Chile e China, jogos Pan-americanos de Guadalajara e Toronto e nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Um currículo de dar orgulho a ele e a todos que nasceram ou vivem em Artur Nogueira.

E não acabou. Luiz Araújo agora se prepara para disputar a competição mais importante de sua vida: as Olimpíadas do Rio de Janeiro, que começaram nesta semana. O atleta, que figurou na 19ª colocação no Decatlo na última edição dos jogos, pretende melhorar ainda mais a marca na edição que ocorre no Brasil. “A expectativa é grande, não tem como ser diferente. Participar das Olimpíadas pela segunda vez é um sonho e ainda mais por ser no Brasil. Com certeza vai ter um gostinho diferente”.

Mesmo com a infância humilde e difícil, Luiz Alberto, assim como Kleberson Davide, pode olhar para trás e se orgulhar da vitoriosa carreira. E quem também deve se orgulhar é você, nogueirense, que quando observar a imensa torcida brasileira apoiando os dois atletas, saberá que, além de torcer pelo sucesso do Brasil nos jogos, terá a certeza que vive em uma cidade campeã – e que está muito bem representada.

Acompanhe Luiz Araújo nas Olimpíadas:

17/0818/08
09h30 - 100m rasos09h30 - 110m com barreira
10h35 - salto em distância10h25 - arremesso de disco
12h15 - arremesso de peso13h25 - salto com vara
17h45 - salto em altura18h35 - arremesso de dardo
21h20 - 400m rasos21h45 - 1500m rasos


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.