25/08/2014

Centro Cultural promove bate papo com filha do Zé do Caixão

Oficina sobre cinema de terror será realizado das 18 às 22 horas. A aula é gratuita e faz parte do projeto Oficina Ponto Mis

A Secretaria de Cultura traz na terça-feira (2) para Artur Nogueira a filha do Zé do Caixão, Liz Marins, para uma oficina sobre cinema de terror. Liz que também é cineasta, atriz, escritora, criadora e interprete da personagem “Liz Vamp”, conduzirá um bate-papo sobre o tema e apresentará filmes consagrados do pai, como a primeira obra “A meia-noite levarei sua alma”, de 1964. A aula gratuita faz parte do projeto Oficina Ponto Mis e é a primeira edição de setembro. O evento ocorre das 18 às 22 horas no Centro Cultural Tom Jobim.

O filme a ser exibido conta a história do coveiro Zé do Caixão – interpretado pelo cineasta José Mojica Marins que é mais conhecido pelo personagem do que pelo próprio nome – que vive em uma cidade do interior. Zé carrega a obsessão pelo filho perfeito e é temido e odiado pelos moradores deste local devido ao seu sadismo. Porém, como a esposa do coveiro não pode ter filhos, ele abusa da namorada de um amigo pois acredita ser ela a mulher ideal. Após ser violentada por Zé, a moça jura cometer suicídio para retornar dos mortos e levar a alma daquele que a desgraçou.

Devido ao perfil sádico do personagem, o filme foi proibido durante a ditadura militar.

Para participar do curso, os interessados podem fazer reserva de vaga pelo telefone (19) 3877-3579 ou pelo Facebook do Centro Cultural (aqui).

Serviço

Quando: Terça-feira, dia 2 de setembro
Local: Centro Cultural Tom Jobim
Hora
: 18 às 22 horas
Valor: Gratuito. Reservas de vaga pelo telefone (19) 3877-3579 ou no Facebook do Centro Cultural (aqui).

10610608_354932621323565_3932989830790710553_n


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.