20/05/2019

Capitão da PM quer reativação de Conselho de Segurança em Artur Nogueira

Além disso, Júlio César Neves expôs a importância do programa Vizinhança Solidária

Da redação

O capitão da Polícia Militar (PM) de Artur Nogueira, Júlio César Neves, fez uso da tribuna livre durante a Sessão Ordinária da Câmara desta segunda-feira (20). O oficial apresentou dados sobre a criminalidade no município, sinalizou anseio em implantar o Conselho de Segurança na cidade e expôs a importância do programa Vizinhança Solidária.

Resumidamente, o oficial falou sobre os índices de criminalidade de Artur Nogueira, os quais foram apresentados durante audiência pública. A comparação foi feita entre o 1º trimestre de 2018 e o mesmo período de 2019.

“Em 2018, houve um homicídio. Já nos três primeiros meses de 2019 não foi contabilizado nenhum. Os roubos e furtos de veículos foram 32 em 2018 e 28 em 2019. Os outros roubos desceram de 21 para 17. Bem devagar, vamos abaixando mês após mês abaixando os índices”, apresentou em slides.

O capitão Júlio César busca implantar o Conselho de Segurança em Artur Nogueira e se diz descontente de não existir o Conseg no município ainda. “Realizo meu trabalho em três município: Artur Nogueira, Cosmópolis e Engenheiro Coelho. Apenas em Artur Nogueira não possuímos o Conseg. E o Conseg é de extrema importância já que é uma forma de trazer os problemas da população até a PM”, explicou o PM.

Além disso, ele expôs a importância do programa Vizinhança Solidária. “Aqueles que tem interesse, na sua rua, no seu bairro, e que têm problemas de segurança, procurem a gente na rua Monteiro Lobato. Vocês podem aderir ao Vizinhança Solidária. A iniciativa tem dado muito certo”.

Rodrigo de Faveri (PTB) parabenizou a fala do agente de segurança e relembrou o desejo dele em reativar o Conseg. “Uma das minhas promessas de campanha foi reativar o Conseg para auxiliar na segurança dos munícipes”. Segundo ele, foi feita uma indicação que objetivava incentivar a campanha da vizinhança solidária, a qual tem o intuito de resgatar a percepção de segurança entre vizinhos. A campanha prevê ainda a aproximação dos moradores, afastando a indiferença para com o próximo.

Tribuna livre

O uso da tribuna livre em sessões ordinárias é regulamentado por artigos do Regimento Interno da Casa de Leis. A inscrição deve ser feita previamente com a descrição do tema. O munícipe preenche um formulário e, se cumprido os requisitos, ele terá o direito de usar a tribuna por cinco minutos, prorrogáveis de acordo com o presidente da Câmara.

Leia mais

Vereador quer reativar Conselho de Segurança de Artur Nogueira

……………………………………..

Tem uma sugestão de entrevista? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.