19/12/2019

Campanha virtual busca ajudar nogueirense a adquirir prótese após amputação

"Vaquinha virtual" está em andamento para ajudar Graziele Alves Daliessi, que sofreu um acidente de trânsito em 2015 e precisará amputar parte da perna direita

Diego Faria

Campanhas e ações voluntárias têm sido promovidas para ajudarem uma moradora de Artur Nogueira a vencer uma difícil etapa de vida. Graziele Alves Daliessi está prestes a passar pela amputação de parte de uma das pernas, após ter sofrido um acidente de trânsito, há cerca de quatro anos. Depois de ser submetida ao procedimento, a munícipe necessitará adquirir uma prótese para voltar a se locomover, mas para isso, ela precisa de apoio financeiro. Diante desta realidade, amigos e familiares têm se empenhado em prol de Graziela, onde uma “vaquinha virtual” está em andamento essa arrecadação, e qualquer pessoa pode contribuir.

Em 2015, a professora Graziele foi atropelada por um caminhão de pequeno porte enquanto dirigia uma motocicleta. Tudo aconteceu em uma tarde de junho, quando ela saía da Escola Municipal Francisco Cardona, onde dava aulas. Ao ser socorrida, a vítima foi encaminhada para o pronto-socorro do Hospital Bom Samaritano (HBS), tendo transferência para o Hospital de Clínicas da Unicamp, em Campinas (SP), permanecendo internada por 16 dias.
Depois de passar por cirurgia, em que foram colocados fixadores na parte inferior da perna direita, nos ossos afetados devido ao acidente, a munícipe teve alta e passou a receber atendimento pelo Hospital da Unicamp de Sumaré (SP), onde até hoje costuma ser atendida. Após a primeira cirurgia, outros procedimentos tiveram que ser feitos posteriormente na tentativa de recuperar os ligamentos e movimentos da perna de Graziele e sanar as dores que ela sofre.

Foram ao todo seis cirurgias realizadas nesses quatro anos, com a aplicação de pinos e placas, uso de “gaiola”, entre outras medidas. Mesmo sendo submetida a todos esses tratamentos, Graziele não obteve os resultados esperados e terá que passar pela amputação da parte do membro.

Além de ter que enfrentar o trauma do acidente e de ter que amputar parte de uma das pernas, Graziele também se depara com outro fator, o valor da prótese que terá que utilizar para voltar a ter maior mobilidade após a amputação. Atuantes como professores, ela e o esposo ainda não possuem o dinheiro necessário para adquirir a prótese.

Para contribuir com a recuperação de Graziele, a família e amigos dela tem se mobilizado para arrecadar fundos para a aquisição da prótese. Bingo, venda de rifas e doações tem sido feitos para contribuir com o valor necessário. Até mesmo uma “vaquinha Virtual está em andamento pela causa de Graziele. O alvo da campanha é arrecadar R$32.600, para custear a compra da prótese e demais gastos para a aquisição do material.

Para Graziele, todo o apoio recebido da família, amigos e demais envolvidos tem sido muito especial e tem a fortalecido no tratamento que está tendo. “A ideia da “vaquinha on line” partiu de alguns amigo, que disseram que seria uma outra forma de eu conseguir ajuda, além das outras campanhas que estão sendo feitas. Estou muito contente, porque graças a Deus tenho conseguido resultado com as arrecadações”, relata.

A cirurgia de Graziele para a amputação deverá ocorrer em no início de 2020, possivelmente em janeiro. Interessados em contribuir de alguma forma para a aquisição da prótese para a moradora podem acessar a página da “vaquinha virtual” em prol de Graziele ou, também, entrar em contato pelo telefone (19) 9.9107-5081 (Whats App) ou (19) 9.8983 1272. Não há valor estipulado para a contribuição e qualquer pessoa pode ajudar.

Clique e acesse a página Vakinha: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/protese-gra

.…………………………………..

Tem uma sugestão de entrevista? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.