05/08/2019

Câmara de Artur Nogueira rejeita denúncia contra Ivan

Cinco parlamentares se posicionaram favoráveis ao recebimento da denúncia; sete foram contrários

Michael Harteman

Os vereadores de Artur Nogueira retomaram nesta segunda-feira (5) a realização das sessões ordinárias após o recesso. Uma das votações mais aguardadas da casa de leis para esta sessão era se os parlamentares receberiam ou não a denúncia feita contra o prefeito da cidade, Ivan Vicensotti (PSB). A votação decidiu não receber e dar continuidade a acusação contra o chefe do Poder Executivo pelo placar de 7 a 5.

A denúncia é feita pela presidência municipal do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), na qual acusa Ivan de improbidade administrativa, por supostamente estar promovendo o nome e a imagem dele através de vídeos institucionais de obras públicas com receita municipal. Após os parlamentares acompanharem a leitura de toda a denúncia, aconteceu a votação para definir se a casa receberia ou não o mérito da questão.

Votaram a favor do recebimento da denúncia os seguintes vereadores: Rodrigo de Faveri (PTB), Adalberto Di Lábio (PSDB), Lucas Sia (PSD), Davi da Rádio (DEM) e Zé Pedro Paes (PSD). Os votos contrários ao recebimento da denúncia foram de: Cristiano da Farmácia (PR), Beto Baiano (PRP), Miltinho Turmeiro (PMDB), Ermes Rodrigues Dagrela (PR), Zé da Elétrica (PRP), Valdecir Alves Martins (Pros) e Lari Baiano (PSC).

Como houve a negativa pelo recebimento da denúncia, não aconteceu uma discussão sobre o tema após a votação. No entanto, o assunto voltou à tona no final, quando os parlamentares dez minutos cada à disposição caso queiram abordar qualquer assunto. Cristiano da Farmácia, por exemplo, defendeu seu voto pelo não recebimento da mesma. “Para mim, essa é uma denúncia de cunho pessoal e político, no quesito político existem muitos motivos para tirar o prefeito da cadeira, como por exemplo a reforma do Pronto Socorro, a entrega da rodoviária, pela obra do Balneário ou pela entrega do Espaço Mãe e Filho ou por diversas outras coisas, politicamente é bom tirar o Ivan de lá”, exclamou o parlamentar. Além disso, Cristiano alegou que Gabriela Montoya, presidente do PSDB de Artur Nogueira, teria motivos pessoais para fazer a denúncia contra Ivan, já que foi exonerada por ele em janeiro de 2018 da diretoria do Saean. Cristiano também pediu a exibição de um vídeo mostrando o governador João Dória (PSDB) fazendo entrega de veículos para a Polícia Militar. “ E isso, não iremos questionar, será que o Ivan está imitando o que já faz o governador de São Paulo?”, questionou o parlamentar.

Já Adalberto di Lábio também usou o momento de fala livre para defender seu voto em favor do recebimento da denúncia. “Eu li a denúncia e conversei bastante com a presidente do partido, que aliás é a sigla que eu represento nessa casa, agora, vou respeitar o voto dessa casa. Houve um erro administrativo, usou-se dinheiro público para fazer uso de imagem, eu não quero discutir o mérito da questão, eu discutiria se houvesse passado [se os vereadores tivessem recebido a denúncia] mas eu quero ver se chegar uma segunda denúncia, uma terceira, uma quarta, quero ver como nós vamos nos comportar, aliás, meses atrás, o prefeito foi denominado prefeito educador, mas ele usa dinheiro público para fazer marketing pessoal”, expos o professor.

A próxima Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Artur Nogueira irá acontecer no dia 12 de agosto, às 19h30.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.